CLICK HERE FOR THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES »

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

26,27 semanas...

Essas 2 últimas semanas foram de muito trabalho em casa.  Tudo para os preparativos das festas de fim de ano.  Não tive tempo para nada.  Natal foi bom.  Estive bem disposta e consegui fazer tudo com tranquilidade apesar do cansaço.
Ralando o dia inteiro na faxina da casa, depois  preparando a ceia., continuo com insônia.  Mesmo assim a cada dia acordava pronta pra  labuta...Aiaiii.
Julinha mexe muito e as vezes me cutuca bem dolorido, mas aí eu falo pra ela parar e ela para...
Segunda fui a consulta pré natal e conversei com o médico a respeito dos inchaços e da falta de sono.  Ele disse o que eu já sabia e também falou que não poderia passar nenhum remedio para me ajudar a dormir melhor pois estou reclamando da pressão baixa  (esses dias chegou a 8x4).  Ele  disse que o rémedio poderia me deixar muito mole e eu poderia me sentir mal.  Disse pra eu tentar não me aborrecer e nem levar problemas para a cama (ele me achou um pouco ansiosa),  Talvez com isso a insônia melhore.  No mais beber muita água, me alimentar bem... Etc, etc...  E quanto aos inchaços é descansar sempre que possível com as pernocas para cima...  Evitar sal...
Hoje no último dia de faxina para entrar com minha casa brilhando  de limpa em 2012,  eu consegui levar um tombo lavando a escada.  Escorreguei e sai quicando de bunda, degraus abaixo.  Graças a Deus não aconteceu nada com minha bebê, nem doeu a barriga.  Mas fiquei com um baita arranhão no braço, joelho (na hora achei que tinha torcido, pois doeu muito) e fiquei com um roxo no bumbum.  Mas foi só isso.  Um perigo.  Podia ter sido pior.
Então é isso...  Obrigada Deus!!!
Aguardando a chegada de 2012...  !!!!

sábado, 17 de dezembro de 2011

25 semanas e já comecei com inchaços nas pernas

Hoje não estou legal.  Aqui em Rio das Ostras, onde moro, o tempo está muito abafado e eu tô sentindo um calorão anormal....  A sensação que tenho nas pernas é de um fogacho, umas ondas de calor que vem do pé até a coxa, e acompanhado de uma dor que parece dentro dos ossos da perna e do pé, que por sinal estão um pouco inchados, principalmente os pés que chegam a ficar com a marca do chinelo, como se tivesse muito apertado.
É horrível e incomoda muito.  Mal consigo ficar de pé, e logo hoje que tinha um monte de coisas pra fazer tanto em casa quanto na rua...  E pra piorar medi a pressaõ arterial e deu 8 por 4. 
Uma sensação de desgaste  físico total.
Liguei pra minha mãe, que ligou para minha prima que é enfermeira obstetra, e ela disse que era pra eu fazer repouso, por as pernas para cima, para aliviar o inchaço e as dores.  Beber muito liquido (para diminuir uma possível  retenção de liquido) e que eu reveja minha alimentação, para que a pressão arterial se normalize (realmente eu não estou me alimentando como deveria esses dias).
Então fiz o recomendado...  Fazer o quê?...  Fiquei deitada enquanto a Laís brincava de tirar todas as roupas do armário dela para lavar e passar de mentirinha...  (depois sobrar pra mim arrumar tudinho )..  Por cerca de1 hora ou mais.  Medi a pressão e estava 8,5 por 5.  a dor parecia menor e o calorão também. 
Eu só acho estranho esse inchaço com 25 semanas, mas acredito que seja pelo calor também.  Imagina quando chegar mesmo o verão?

Acabei de dar uma pesquisada na net e achei este artigo:

http://guiadobebe.uol.com.br/inchaco-na-gravidez-e-normal-mas-evite/













quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

25 semans de gestação. Como estamos...

Chegamos aqui....  25 semanas...  Como está passando rápido!  O barrigão já tá pesando.  Roupa nenhuma serve  e o jeito é comprar batas, vestidos, tudo larguinho pensando que vou ficar maior ainda (engordei quase 7  kg) e que depois nem vou poder usar essas roupas.
Continuo uma grávida insône e isso tem me deixado muito estressada.  Pela manhã temho vários compromissos e acordo indisposta . Na maioria das vezes acordo com dor de cabeça por não ter dormido direito.
As cãimbras também continuam me pertubando.  Tô eu lá dormindo rezando pra nada me acordar e de repente... Aquela "bendita" dor que só uma cãibra pode dar.
Quando eu estava grávida da Laís também tinha muitas cãibras e a médica me indicou que usasse aquelas meias de média compressão.  Mas usar meia com esse calor naõ dá né!...
Como a barriga tá pesando o dia dia também...  Apesar de nessa gestação não estar trabalhando fora, considero que trabalho muito mais agora, em casa...  É um trabalho sem fim....  Apesar de poder fazer meu horário, fica difícil com uma criança de 3 anos pra cuidar (com horário de escola, almoço..) marido que trabalha a noite e por isso não coopera muito, uma casa um pouco grande pra limpar sozinha (quero só ver como vou me virar sozinha quando a neném nascer...), roupa pra lavar, passar....  Nossa!!! E tem gente que abre a boca pra dizer que dona de casa não faz nada, não trabalha!!
E ainda tenho que lembrar no meio disso tudo, que tenho que cuidar do cabelo, das unhas, de passar creme na barriga todos os dias pra não ficar cheia de estrias!!!!... E por aí vai....
As férias escolares da Laís começam neste fim de semana. O que vai aliviar um pouco a rotina.  Só que  meu marido vai  começar a trabalhar em 2 horários, entã naõ vou ter mais ninguém pra me ajudar em nada mesmo.  e ainda por cima vamos ficar por uns tempos sem lazer nenhum, em plenas férias  da nossa filha...  Fiquei bastante chateada com isso o que até gerou uma briga aqui em casa.  Eu já tô carente pra caramba, agora sozinha só cuidando de criança e casa, vai ser dose.  Mas enfim, agora com mais uma criança agente vai precisar de mais grana...
Isso é que dá ter filho sem planejar....
Bom.... Voltando a falar em gravidez, a Julinha parece estar bem.  Chuta minha barriga que é uma beleza.  Acorda junto comigo na minha insônia e me faz levantar de madrugada pra comer.
Dia 26 tenho consulta e o médico já pediu uma ultra doplerfluoxometria, que tenho que fazer com 28 semanas de gestação, o que será logo no início do ano.
Comprei  uma babá eletrônica para usar no quartinho das meninas, mamadeirinha e conjunto de pente e escova pra Julinha.  Se eu pudesse e meu dinheiro desse comprava tudo logo de uma vez...

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Dicas para decorar o quarto do bebê

Resolvi fazer uma pesquisa sobre o assunto em artigos na internet. Para me ajudar a organizar melhor o quartinho das minhas filhas. Algumas dicas legais que encontrei foi sobre a harmonização de ambientes usando o FENG SHUI (técnica milenar chinesa).

Além do uso do Feng shui, o bom senso deve prevalecer, claro, pois nem sempre temos como adaptar certas situações.
* O primeiro passo é sobre a localização do quarto.  Se for possível, o ideal é que o bebê fique num quarto calmo, longe de muito barulho.  Então evite que seja em frente a ruas movimentadas por exemplo,com muito barulho de veículos,buzinas, etc...
Também se for possível, evite que o cômodo fique no final do corredor.  Segundo o feng shui, o corredor acelera a energia "chi", que poderá gerar na criança, inquietude e dificuldade para dormir.
Evite que o quarto tenha um banheiro como vizinho de parede, ou que a porta do quarto fique de frente para a porta de um banheiro,  pois ele "rouba" a energia do cômodo.  se o quarto for uma suite, mantenha sempre esta porta fechada.
* As cores do quarto devem ser definidas com cuidado e sem exagero para não estimular muito a criança (lembre-se que o quarto foi feito para dormir). As cores tradicionais como branco,azul e rosa,verde,areia e pêssego, podem ser usadas em tons suaves e as cores quentes devem ser usadas apenas nos detalhes como no papel de parede.
*Os móveis; Evite os móveis com quina,  prefira os de ponta arredondadas. Se for usar prateleiras evite colocá-las em cima do berço do bebê.
Quanto ao berço:  Não coloque  de frente para a porta do quarto, pois isso pode fazer um excesso de energia no berço o que fará com que a criança fique irritada e com dificuldade para dormir.  O berço deve ser colocado de um jeito que o bebê consiga ver quem entra no quarto.  Nunca coloque o berço encostado em uma parede vizinha a banheiro.  Coloque -o encostado na parede mas não na janela.
Evite muitos bichinhos de pelúcia e enfeites dentro do berço pois estagnam a energia. da criança.
* Televisão e computador não é bom ter em quartos de crianças pois eles liberam um campo eletromagnético continuo, o que pode atrapalhar o sono.
* Para decoração:  Coloque as prateleiras em cima da cômoda por exemplo (nunca em cima do berço)
e o móbile preferencialmente pequenos ou então retire de cima da criança quando ela estiver dormindo. Para não oprimir sua energia.  É bom colocar um tapete ao lado da caminha ou berço também.
Coloque quadros com motivos alegres. Evite quadros que dêem  idéia de solidão,como uma criança sozinha,por exemplo.
De frente para a porta do quarto, coloque um objeto de proteção, como um anjo, por exemplo
O quarto deve estar sempre muito limpo e arrumado.  Essência de eucalipto diluída em água é bom para fazer a limpeza e o aroma ajuda a retirar maus fluídos.

Fonte:  artigos da web, com consultorias de stela Vecchi
 E Silvana occchialini

domingo, 4 de dezembro de 2011

Faça você mesma o kit higiêne para seu bebê. Dica para economizar no enxoval

Vocês já viram o preço de um kit higiene nas lojas?  Custa em torno de R$120.00.

Que tal fazer um do seu jeito com seu toque pessoal e sua criatividade?
Eu fiz um para o bebê da minha irmã e agora estou fazendo o meu.  Usando uma técnica chamada decoupage (colagem de papel).
É muito fácil e com jeitinho qualquer um consegue fazer;

Todo material é encontrado em lojas de artesanato e até mesmo em papelarias.

Você vai precisar idealizar o que quer fazer.  Depois pensar no tema, na decoração do quartinho do baby, na cor, etc...

Material:


<><><><><><>&lt;&gt;



* Caixinhas em MDF crú
* Uma lixa bem fininha para dar acabamento nas peças. (eu uso aquelas de lixar os pés descartáveis mesmo).
* Pincel de cerdas macias e um rolinho de espuma (pequeno)
*Base acrílica para artesanato da Acrilex
*Tinta PVA para artesanato da Acrilex na cor desejada.
** Ou dependendo se você for fazer o kit completo, para sair mais econômico em termos de quantidade de tinta gasta, compre uma latinha  de 900ml da tinta esmalte base água na cor branco.  Se for pintar os potinhos com essa tinta não precisa comprar o verniz pois ele já fica com acabamento brilhante.  Fica perfeito, Se quiser misturar cor a tinta é só mistura-lo com a tinta PVA da cor desejada, o acabamento fica um pouco sem brilho, aí fica opcional depois aplicar o verniz.
*Verniz Acrílico brilhante Acrilex. (ele é solúvel em agua, bem pratico e dá acabamento incolor).
*Barra adesiva para decoupage, ou adesivos ou papel para decoupage, no tema escolhido.
                                                       
Criando:

Lixe as peças de MDF para tirar as imperfeições. 
Aplique a base acrílica em toda a superfície, por dentro e por fora.  Espere secar.
Pinte com a tinta PVA ou a tinta esmalte, conforme escolhido.  Deixe secar por 2 horas e dê outra demão.  Faça quantas demãos forem necessárias, até as peças estarem com um bom acabamento, sempre respeitando o mínimo de 2 horas entre cada demão.
Após tudo devidamente pintado e seco, se a tinta usada for a PVA aplique o verniz acrílico, em pouca quantidade  para impermeabilizar a peça e dá o acabamento brilhante. (Lembre-se que se usou a tinta esmalte não precisa passar o verniz)  Espere secar totalmente.
Aplique a barra adesiva em volta dos potinhos cortando onde for necessário e fazendo o acabamento com a ajuda da lixa  tirando delicadamente alguma rebarba de papel que tenha ficado.  Ou cole o papel para decoupage com cola branca, ou cola para decoupage, em pouquissima contidade bem espalhada com a ajuda de um pincel (passe a cola na peça).
Decore as tampinhas com adesivos ou colando o papel para decoupage do jeito que a criatividade mandar.
Finalize passando com cuidado uma fina camada de verniz sobre a barra adesiva e os adesivos colados. Espere secar.
Está pronto!!!

Dica:  Um potinho de tinta  PVA com 100ml  custa em torno R$3,80. Enquanto a latinha de 900 ml de tinta esmalte base água custa em torno de R$19.00.  E não será preciso comprar o verniz acrílico.  Se for fazer o kit inteiro fica mais em conta a tinta esmalte.  E ela também é mais prática.  As melhores são da marca Lucscolor e Coral.

Essas são minhas artes com decoupage:

Porta fraldas que fiz para o bebê da minha irmã


Detalhes da tampa pintada e com adesivo

Caixinha da farmacinha

Na caixinha da farmacinha eu usei adesivos e papel para decoupage

Essa é uma das latinhas que criei. Pode ser um porta trecos


Essa latinha é da minha filha Laís.  Fiz para por os lápis dela.  É feita com guardanapo para decoupage e latinha de molho de tomate...


Esse é parte do kit higiene da minha bebê e a latinha será para por a escovinha e pente de cabelo.  Pintei toda de branco com tinta esmalte base água.  Decorei com a barra adesiva no tema menininha que escolhi. A tampinha eu pintei também de branco e por cima colei papel con tact rosa pink   Por dentro forrei tudo com con tact, para facilitar a higiênização dos potinhos.

  
  










 






 













sábado, 3 de dezembro de 2011

23,24 semanas de gestação... O tamanho da barriga e dormir sobre o lado correto

Posso dizer que essa faze da gravidez está super tranquila.  Estou bem disposta e animada para cumprir com meus afazeres. Esses dias me aborreci um pouco mas os hormônios estão ajudando e não fiquei estressada ou coisa assim.
Incluindo aqueles desconfortos que citei na ultima postagem, acrescento o aumento da barriga que agora, começa a incomodar na hora de dormir.  Essa parte já está ficando complicada, pois incomoda.
Já sei que o lado mas indicado para dormir é sobre o lado esquerdo.  O problema é ficar a noite toda do lado esquerdo!...  Impossível claro!...
Aí me pequei esses dias quase (quase, porque não dá mais pra ficar na posição que eu tanto gostava...), de barriga para baixo, amassando a minha filha tadinha!...
E também teimo em dormir de barriga para cima, que também é horrível, pois parece que me dá falta de ar, sei lá...
Então é assim, vira pra lá, vira pra cá... Doe os músculos de um lado vira pro outro...  E tem que está com um travesseiro no meio das pernas senão aí que fica ruim mesmo.
Também se durmo por muito tempo sobre o lado direito, me dá má digestão.  Eu acordo no meio da noite como se não tivesse digerido o que comi, mas já vi que é só virar para o outro lado, alguns minutos depois tá tudo normal.  Sei que isso acontece porque o bebê comprime órgãos que ficam nessa parte quando estamos deitadas sobre o lado direito.
Então é assim.  Da qui pra frente, já sei que dormir bem não me pertence mais...

sábado, 26 de novembro de 2011

Os desconfortos do segundo trimestre de gestação...

Passado o início da gravidez e os turbilhões de hormonios que me fizeram ficar uma chata, deprimida,irritada, sonolenta,  enjoada...Ter fortes dores de cabeça, rinite, (entre outros)...   Graças a Deus hoje está tudo mais tranquilo e creio eu, os hormonios estão em equilíbrio... 
Depois de passar as 20 semanas de gestação, já sei que espero uma menininha, já sinto ela dar cambalhotas dentro da barriga e chutar minha bexiga.
Por falar em bexiga, esses dias resolvi contar quantas vezes fui ao banheiro durante 24hs;  Foram 9 vezes, contando com a ida no meio da madrugada.  Aliás eu gostaria de saber de onde sai tanto xixi!....
Não sei se acontece só comigo, mas eu sou uma grávida insône.  Todas as noites acordo no meio da madrugada e fico 1, 2 horas acordada.  Aí, volta o sono e quase todos os dias tenho que acordar com o despertador nos ouvidos, para não perder a hora de levar a Laís para a escola.
Fome noturna: Por causa da insônia também, tenho feito ataques a geladeira durante a noite. Plena 2 hs da manhã lá estou eu comendo pão, banana, biscoito,suco... O que tiver pra comer!
No meu caso, também já começou a sensação de calor. Comum em grávidas. Além de sentir um calor meio anormal em relação as outros, estou transpirando mais. Dependendo do tempo é de 2 a 4 banhos por dia para aliviar o calor e tirar o suor...

E as dores...  São muitas!...  As cãibras ... Como doem! ...  Se estou deitada, relaxada e estico as pernas de uma vez, dá cãimbra....  Um martírio.

Tem a dor na virilha, na região pélvica.  Dói!!!  Tem vezes que parece que dá um mal jeito nos ossinhos dessa região, que chego até a mancar. Sério!  Dói!  Se fico muito tempo sentada também.
Dor nas costas:  Nos dias que ando muito, que fico muito tempo em pé,  ou que faço mais esforço em casa, nossa...  Dá vontade de chorar.  Porque dói!  Aí tem que deitar, pedir massagem. Dói muito.  Não dá para abusar.
Dor da distensão do abdómen;  Experimente levantar da cama bruscamente para ver só!  Dói! Porque repuxa os músculos da barrigona grande...
Então é isso...  Psicológicamente bem mais calma mas fisicamente tá ficando complicado. kkk!!
 Que venha o terceiro trimestre....

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Ultrason Morfológico da Júlia - feito com 22 semanas de gestação

Essa é parte do video da ultra morfologico da Júlia com 22 semanas de gestação.  Como o video é muito grande eu pus apenas o momento em que aparece o rostinho dela.
Pelo exame está tudo ótimo.  Algumas medidas:

Perímetro Cefálico:  182mmm
Comprimento femoral:  38mm
Comprimento do úmero:35mm
Circunferencia abdominal:  162mm
Peso fetal estimado:  440 g
Batimentos cardiofetais 159 bpm
Placenta grau 0 de maturidade (escala de grannum 0-III)
Inserção de cordão umbilical na placa corial normal, com anatomia vascular normal (2 artérias e 1 veia)

Eu fiz essa comparação com as fotinhas da minha filha Laís com 24 semanas de gestação.  Pelo video da Júlia elas não se parecem muito não... Laís era buchechuda e tinha o rostinho já bem quadradinho.  A Julinha tem o rosto mais afinadinho que o da irmã, acho eu... Apesar da ultra da Laís ter sido feita com 2 semanas de gestação a mais que a da Júlia...


Laís com 24 semanas de gestação

Laís...  Vejam a buchechinha..
Coisa de mãe já querendo saber se as filhas vão se parecer... kkk.

sábado, 19 de novembro de 2011

Os primeiros itens do enxoval...

Essas são as primeiras compras do enxoval da júlia.  Começamos pelas coisas mais caras, que são o bercinho e a cômoda.  O próximo iten deve ser o carrinho ou o kit berço. Também comprei uma lixeirinha.  É simples mas achei bonitinha.  Também está quase pronto os potinhos de kit higiêne que fiz com decoupage.



A cômoda. (Sem meu toque de decoupage)

O berço

A lixeira

Os potinhos kit higiêne

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

22 semanas de gestaçaõ. E o desejo de comer angú...

Gente, está grávida é uma loucura!  Essas últimas semanas foram engraçadas. Primeiro perdi o apetite, não tinha vontade de comer nada e estava comendo por obrigação mesmo.  Enjoei de carne e o tão querido churrasco foi completamente ignorado no feriado.
Mas de repente, virei uma tremenda "olho grande"!  Tudo que via alguém comendo me dava vontade de comer também.  E ainda estou assim.  Vi o Edu Guedes na Rede Record fazendo provolone em cubos e minha boca encheu de água.  Vi o comercial do picolé  Magnum na tv e a mesma coisa.  Passei na esquina de um restaurante em frente a praia e vi que um casal estava comendo aipim com carne seca de petisco com cerveja....  Nem preciso dizer...  Pior foi a vontade de beber cerveja...  Meu marido bebendo aquele liquido amarelinho, espumoso e geladinho na minha frente...  Para mim parecia a bebida dos deuses; não resisti e tomei um pouco....  No dia do feriado estava lavando louça e senti na boca o gostinho de abacate batido com leite no liquidificador...  Que delícia!!!  Praticamente foi meu almoço  (meu marido falou que eu dei sorte pois tinha abacate maduro no ortifrut aqui perto de casa!).
Mas o mais engraçada dos desejos foi o desejo do angu!  (ou pra quem preferir; polenta).
Na quarta feira a tarde, estava falando com minha mãe ao telefone, e ela comentou que o seu patrão gostava de comer angú.  Pronto!!!  O desejo veio com força total!  Ela falando e eu comecei a salivar....
Depois da conversa corri pra cozinha e preparei uma panela de carne moída com um molho bem suculento e aquele anguzinho bem molinho temperadinho com sal e Sazon de frango com um pouquinho de manteiga....
Ai, ai....  Foram 2 pratões cheios!  kkkk  !!  Foi até difícil levantar da cadeira depois, fora o calorão que deu.  No outro dia fiz mais uma panelinha e foi meu almoço novamente e a tarde, pra completar meu desejo, fiz um mingau de fubá bem docinho....  Delícia!!!!  Que vontade louca de comer angú. Foi muito bom!  E engraçado que lembro de ter comido o mingau quando era bem pequena.  Nunca mais tomei.  Como pode né , ter essa vontade do nada?!  Vai entender uma grávida...

Fora essa mudança brusca de apetite está tudo bem.  Comecei a ter caimbras a noite.  Como tive esse problema na gestação da Laís já sei como agir.  Então tenho tudo cuidado na hora de esticar as pernas principalmente quando acordo, na hora de espreguiçar.  Se esticar os músculos bruscamente dá caimbras.  Na quarta-feira fiz a ultra morfológica e graças a Deus está tudo bem com a Júlia.  Todos os órgão estão no lugar e em bom funcionamento.  Gravei ,mas meu PC como já disse está com problemas e não tem como passar  do  DVD pra mostar aqui. Na segunda pego o resultado com todas as medidas.  O importante é saber que está tudo ok.

domingo, 13 de novembro de 2011

21 semanas. Fotos da barrigona... Pelo visto vou ficar uma bolinha de novo...

Hoje medindo a barriga com uma fita métrica, marcou 97 cm (passando a fita na altura do umbigo).  Considerando que na gravidez da Laís, eu com 38 semanas estava com 105 cm, nessa gestação vou chegar a quantos centímetros gente?!!  Assim não tem como evitar as benditas estrias... Ai meu Deus.!........

Aqui estava com 16 semanas...

Agora com 21 semanas.... Julinha no forninho...
Também 21 semanas.  Só pegando um bronze...

sábado, 12 de novembro de 2011

Aniversário da minha filhotinha!!! Festinha na escola...

Essa semana não tive tempo para nada pois estava nos preparativos para a festinha do aniversário de 3 aninhos da Laís.
Já estava marcado para acontecer na escolinha  somente para os seus amiguinhos da turminha do maternal.

Festinha para 17 crianças incluindo as suas 2 priminhas.  Eu fiquei toda perdida com os preparativos pois não sabia como organizar sozinha, então solicitei ajuda da minha sobrinha Monique que viajou 300 Km para me socorrer!  Descobri que eu sou uma péssima promolter!!! ... Ai de mim sem a Monique..kkk!!
Mas o resultado ficou  muito bom, se for contar os elogios das tias e a felicidade da minha filha, valeu todo o esforço e o gasto para apenas 1 horinha e meia de comemoração!!
Eis as fotinhas:

                                                           Tema Moranguinho

                                                                      A mesa
Torta de chocolate com recheio brigadeiro ... Deliciosaaaa!


                                                    Caixinha surpresa com balas e doces dentro


                                                 Potinho com balinhas de morango 
A aniversariante...

                                                                  Os comes e bebes...
                                              A turminha da Laís e as tias Camila e Claudia...
                                                         Mamãe, Laís e Papai...

Parabéns Laís!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O enxoval do bebê

O segundo semestre é o melhor momento para começar a preparar o enxoval.  Isso é fato.
Eu estava estressada, chata, deprimida,irritada....  Mas depois que completei 18 semanas tudo mudou.  Acho que os hormônios deram uma trégua...
Então, eu já fiz minha lista e estou me preparando para ir as compras!
Como já tenho certa experiência, não vou sair por aí comprando um monte de coisas que não usarei. Na internet tem um monte de listas de enxoval mas, o fato é que, em relação a roupinhas depende de quando o bebê vai nascer. Se em estação fria ou quente e de onde a pessoa mora, como é a temperatura na cidade, etc.
Vale a minha dica de dar preferencia a roupinhas com tecidos em algodão, porque os bebes tem a pele muito sensível.. Lã, sintéticos,rendas, podem irritar a pele.
Não vou comprar aqueles conjuntinhos de pagão ( aquilo embola tudo no nenê. e tem que prender com aquela fita). Body!  Melhor coisa que inventaram. pode vestir sozinho ou se estiver frio com a calça de pé e macacão.  São super práticos!
Calça de pé ou culote - as sem pé usa mais, porque os bebes crescem rápido..
macacão - vou comprar tanto uns mais quentinhos como aqueles tipo pijaminha bem fresquinhos.
Sapatinhos - eu acho a coisa mais fofa!  Mais perde rapidinho...  É legal se agente sai muito, pra mostrar para os outros...kkk..
De resto o normal... Que agente já sabe...
Eu li em uma matéria na Crescer que cueiros não eram necessários.  Eu usei muito com a Laís, Pra embrulhar na mantinha, pra forrar na cama da casa de alguém que agente visitava na hora de uma troca ou coisa assim, para forrar no carrinho, na minha cama.  Usa sim.  Vou comprar uns 6 pelo menos.
Toalha vou comprar 3 -  pois usa muito e tem que sempre trocar.
Toalha fralda também 3.
Mosquiteiro - Para o  berço, para o carrinho... -  Em tempos de dengue, tem que proteger a criança.
Fralda de pano - usa pra caramba por incrível que pareça. Só a fraldinha de boca em certos momentos não ajuda.- vou comprar umas 6 a 10.
Fraldinha de boca - Tem que está sempre a mão - 6 a 10 também.
Como a minha é uma menininha de novo, tenho algumas peças que usei na Laís.  Lógico, que vou aproveitar!  A parte mais gostosa são aqueles vestidinhos...  Mas isso pode esperar até ela nascer. Pois aí já sei o tamanho o jeitinho dela, se tem alergia... Etc...
Essa é só a parte dela..
Depois vem a parte do quarto, a farmacinha,e a minha parte....Quanta coisa pra comprar!!!
E é bom que isso esteja tudo preparado até as 35 semanas ou 7 meses. Para que se acontecer algo inesperado, já esteja tudo pronto.... Fora que no terceiro semestre, agente volta a ficar cansada e o ânimo tende a diminuir a medida que a barriga só crescer... Aiaiai...

sábado, 29 de outubro de 2011

19 semanas ... Estamos quase na metade do caminho!

Graças a Deus as coisas estão melhores em relação a minha gravidez.
Estou me sentindo mais tranquila e aquela irritação e angustia passaram.  Também não fiquei mais deprimida, embora tivessem acontecidos alguns aborrecimentos que não vale a pena comentar (entreguei nas mãos de Deus!).
Agora estou me sentindo feliz em relação a minha filhotinha que está aqui dentro da minha barriga e que não para quieta...  Quero só ver daqui algumas semanas os chutes que vou levar.. Ai ai...
Laís está contente com a chegada da "rimanzinha"!  Ela beija minha barriga e pergunta quando eu vou no medico pra "tirar" a irmã.  Também faz planos junto comigo;   Diz que vai me ajudar a dar banho, limpar o cocô...  Fala que vai brincar de casinha, de boneca,brincar na pracinha...  É muito legal quando ela fala sobre isso...
Ainda estou em dúvida em relação ao nome. Gostamos de Laura, meu marido falou em Larissa, mas provavelmente vai ser Júlia.
Na terça-feira foi a consulta pré-natal e está tudo tranquilo em relação a todos os exames.  Falei com o médico da rinite que está sempre comigo.  Agora começou uma tosse, tem 4 dias já, que só Deus na graça!  Tusso tanto que dói até a barriga.  É horrível!  Ele apenas me matou que tomasse bastante água, soro fisiológico ou Neosoro no nariz.  Para dor de cabeça Tylenol.
E eu que me lasque né...  Porque só estou piorando da tosse.  Não é possível que não possa tomar um antialérgico.   Eu li que pode tomar Loratadina pra rinite, mas tenho medo já que o médico falou pra não tomar remédio nenhum. Vamos ver no que vai dar...
Já comecei a pensar em fazer um chá de fraldas.  Mas como estou longe dos meus familiares e parentes pois moro em outra cidade e aqui não tenho muitos amigos, vou ter que pensar em como farei.
Mas se fizer pensei eu mesma confeccionar os convites e já tenho alguns modelos que tirei da net.  Adorei esse em formato de saquinho de chá.  Tá super na moda e eu achei o PAP dele.  É super fácil.:

Fica mais ou menos como esse:


Com um saquinho de chá dentro.

Também achei esses dois modelos que é só imprimir e caprichar com uma caneta de cor bem bonita. Fica lindo também.


Então é isso!  Ah...  Também comecei a pintar o kit higiene em mdf. Fiz uma caixinha para a Laís também Depois eu mostro minhas "artes"...
Como disse agora estou disposta...  Agora é ir para os preparativos!

sábado, 22 de outubro de 2011

Descobri o sexo do baby...

Vim correndo contar a novidade:  Fiz ultrassom na quinta-feira e descobri o sexo do baby:
Bom...  Para minha surpresa ( eu já estava achando que era) e de quase todos que deram palpites errados dizendo que o neném era um menino...  A surpresa!!!!  Vem aí mais uma MENINAAAAAA!!!!!!!!!
É isso aí...  A Laís vai ganhar uma irmanzinha...
Eu gravei em DVD mas meu PC dá uma m...  Assim que conseguir eu coloco.
Então é isso...  Eu vou continuar no ROOOOOSAAAA!!!!!!!!
Agora falta escolher o nome pois estou na dúvida ainda...

sábado, 15 de outubro de 2011

Hoje é meu aniversário.  Não foi um dia muito legal.  Continuo em crise e não consigo desabafar com ninguém.  É um sentimento muito ruim, mas tenho orado muito a Deus para tirar isso de mim e tenho fé que vou sair dessa.
O importante é que tenho uma filha linda e que a cada dia estou mais tranquila em relação ao meu filho que está aqui dentro de mim.  Todas as vezes que choro, rezo muito para que meu bebê não esteja sentindo a agonia e tristeza que eu sinto.
Fiquei aliviada com o resultado NEGATIVO do exame de VDRL do meu marido.  Agora sei que está tudo bem com agente  e que não tem esse perigo para o neném.
Esqueci de comentar que desde das 16 semanas de gestação que ele vem se mexendo bastante e que colocando a mão sobre a barriga já dá pra sentir as cutucadinhas dele....  Uma graça!!
Bom no mais é isso...  Parabéns para mim!

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Os sentimentos ruins de uma gestação não planejada

Sempre me julguei uma pessoa responsável e tenho uma opinião formada em relação a maternidade.  Para mim filho é coisa séria e sempre critiquei mulheres que saem fazendo filho a torto e a direita por aí, sem poder dar uma estrutura familiar adequada a criança isso psicologicamente, socialmente e financeiramente.  Vejo por aí famílias desestruturadas, pais que batem nos filhos, crianças fora da escola,marginalizadas...  Todas vítimas de uma sociedade falida e sem princípios...
Por isso, sempre pensei em formar para mim uma família pequena, para então  assim, dentro das  possibilidades, poder dar aos meus filhos o que de básico pudesse ser o melhor. Tipo uma escola legal, acesso a saúde....  Essas coisas que se dependermos do nosso Governo ... 
Sei lá...  Tenho também pra mim, que a mulher, a mãe, é a figura principal para essa tal estrutura familiar dar certo (lembram daquela famosa frase " Por trás de um grande homem há uma grande mulher...")...
Acho que é por isso que ando tão chateada comigo mesma. 
Minha primeira gravidez foi planejada  e muito querida.  Então meus sentimentos eram outros...  Já agora, como tudo aconteceu sem planejamento, por falta de cuidados, eu me culpo por ter sentimentos ruins em relação ao meu segundo filho.
Eu me sinto meio inresponsável...  Psicologicamente não ando bem...  Estou triste por não conseguir "querer" tanto esse filho como quis a Laís.... 
Para mim isso é falta da tal "estrutura" que falei acima.  No meu caso, a psicológica. Não me sinto preparada para cuidar de uma outra criança agora...  Tenho medo de não amá-la como amo minha filha. De não conseguir dar o suporte emocional aos dois sabe?!
É tudo tão estranho!!!  Não sei se vou dar conta de tantos compromissos,afazeres.  Me vejo feia sem tempo pra cuidar de mim, sem poder tirar uns minutinhos que sejam pra ficar só comigo.  Vejo a minha vida íntima indo por água abaixo....  Sentimentos egoístas! Credo é tanta coisa ruim, que não sobra espaço pra pensar em coisas boas.
E o que me dói tanto é que não queria estar assim...  Mas simplesmente não consigo...
Estou me sentindo irritada, chata, sem paciência.  Isso está afetando a minha relação com meu marido e com minha filhinha.
Não sei o que faço....  Não sei como agir...  Estou me sentindo  perdida....
Só me pergunto por que estou assim?!!!!!!!!!!

sábado, 8 de outubro de 2011

Resultado do exame de VDRL... Não dá pra confiar no SUS

Como eu tinha dito na ultima postagem, no meu resultado de VDRL (teste para Sílilis, doença sexualmente transmissível,que a grávida acaba também transmitindo para o feto), deu REATOR 1:2.
Fiquei super preocupada e o médico que faz meu pré natal pelo SUS, me mandou tomar  Bezentacil 1 ampola 1.200.000 unidades, em cada nádega profunda total 2.4000.000.  e após 30 dias repetir a dosagem.
É ruim hein!!!! Em mim não!!!!!!!!!!  Não tendo certeza do diagnóstico!!
Nunca vi isso!  Um médico fazer um diagnóstico sem verificar a história clinica do paciente  (no meu caso não tinha sintoma nenhum de que poderia ter Sífilis) e nem pediu um outro exame para confirmar  o resultado reator com um percentual tão baixo (li em vários artigos na internet que valores tão baixos quanto deu no meu exame nem é considerado sìfilis).  Além disso já tinha acontecido anteriormente na gestação da Laís a mesma coisa e a conduta da médica na época foi outra.  Não tive problema algum, já que também não tinha nada.
Sei que se agente não se informar e não poder fazer exames tão importantes pagando estamos lascados!
Resumindo; Refiz o VDRL em um laboratório particular e o FTABS também.
RESULTADO:  Todos deram NÃO REATOR

VDRL:  NÂO REATOR
FTABS IGG:  NÃO REATOR
FTABS IGM:  NÃO REATOR

Como eu disse  não dá pra confiar no SUS!!!!!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

14,15 semanas de gestação... Consulta de pré natal, VDRL reator... Problemas...



 Essas duas semanas foram um pouco complicadas.  Dia 27  de setembro tive consulta e o médico viu nos meus exames que tinha um problema no resultado de VDRL ( deu reator 1:2 )  O que significa que eu estaria com SÍFILIS.
Fiquei super chateada pois na gestação da Laís fiz o exame e deu  também reator só que 1:1.  Fiz a contra prova do VDRL que é o FTABS que deu negativo.  Na época a médica disse que então poderia se tratar de um falso positivo ou que eu poderia ter uma cicatriz sorológica, ou seja que em alguma época da minha vida posso ter tido contato com o vírus.  Minha filha nasceu  sem problema algum.
Então comentei o ocorrido com o médico mas ele disse que esse exame não dava falso positivo e me passou  2 bezentacil e disse que eu deveria tomar mais 2 após 30 dias.  Então depois dissso repetiria os exames para ver a evolução do tratamento.
É claro que eu não segui as recomendações.  No outro dia fui ao laboratório e fiz os testes de novo.  E pedi pro marido fazer também.  O resultados ficam prontos dias 10 e 12 de outubro.
Eu não queria correr o risco de tomar um monte de antibiótico junto, sem necessidade e prejudicar o bebê, pois ele também passou Amoxicilina 500mg já que estaria com sinusite, segundo ele, diagnóstico das minhas dores de cabeça constantes.
Hoje é dia 04 de outubro. As dores de cabeça diminuiram mas pela manhã senti e ontem também.  Isso já com 6 dias de tratamento....  O que me faz pensar que não se trata de uma sinusite, sei lá....  Talvez uma rinite ou enxaqueca....  Ou até mesmo pelo que li, pelo aumento do fluxo sanguineo provocado pela gravidez...  Como vou saber? Se quem poderia me informar direito não faz, que é o médico?.... 
Eu é que não vou confiar no SUS! 

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

13 semanas de gestação... Muita dor de cabeça e mau humor !!!

Gente eu não me aguento mais!!!! Primeiro por que estou com rinite e a dor de cabeça que ando sentindo está acabando comigo.  Essa porcaria não passa!!!  Se amanhã acordar com dor vou no pronto socorro.
Segundo, que eu estou uma chata! Eu tenho crises de mau humor; faz dois dias, briguei com meu marido feio por que ele trocou o dia da folga e não me comunicou.  Fiquei uma fera! Falei um monte de coisas, disse que estava enjoada dele, que até a voz dele me irritava e que eu não confiava nele.... E disse que eu ia embora de casa ou então que ele fosse!!!  Ele não discutiu como sempre faz, e dizia que eu estava nervosa a toa, que ele não tinha feito nada e que eu surtei só porque ele trocou o dia da folga.  Disse que me amava e que ninguém ia embora!...
Aí que fiquei brava mesmo!  Eu de raiva não fiz almoço, deixei tudo sujo e bagunçado.  As 16 hs depois que ele saiu pro trabalho me acalmei e fiquei bem.  No outro dia eu acordei tranquila e esperei ele falar comigo.  Então pediu pra eu  ir ao oftamologista com ele já que estava com o olho todo inchado por causa de um terçol.  Eu fiquei com pena e fui.
 Daí, tudo ficou bem... Ele me pediu desculpas, mas eu nem toquei no assunto...  ( Vai entender..)
Também do nada fico sem paciência com minha filha,tadinha.  Ando dando uns berros com ela...  E a bagunça da casa me tira do sério!.... 
Não tenho ninguém pra me ajudar, minha casa é grande e suja muito por causa da poeira que vem da rua, então querendo ou não querendo tem que limpar todo dia.  Laís espalha todos os brinquedos pela sala e eu tenho que ficar brigando com ela pra guarda-los !  Dá vontade de jogar tudo fora! E eu ando sem vontade de fazer as coisas...  Ainda mais esses dias sentindo dor...
Tá difícil!  Será que isso passa????

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

12 semanas ... Dor de garganta, de cabeça... E o Resultado da Translucência Nucal

Na segunda dia 12, completei 12 semanas de gestação segundo o DUM (dia da última menstruação).  Nesse dia fiz a ultra TN e graças a Deus está tudo bem com o bebê. Nas duas ultrason que fiz estou com 1 semana a mais de gestação.  Mas como sei o dia que engravidei, pelas minhas contas daria uns 3 dias de diferença.  Na minha próxima consulta que é dia 27, vou ver se consigo tirar essa dúvida.
A burra aqui esqueceu de levar um DVD para gravar a ultra!!! Que raiva!  O neném estava acordado com a maozinha na boca...  Meu filho já está todo formadinho.  Consegui ver os cinco dedinhos da mãozinha direitinho e as perninhas para cima se sacudindo...  Foi uma pena não ter gravado...
Resultado:
TN medindo:  1,3mm (normal)
Comprimento cabeça nádega:  68mm
Batimentos cardíacos: 159 bpm
Osso nasal presente.
Placenta implantada em parede uterina posterior.
Conclusão: Gestação tópica com 13 semanas de evolução.

A semana foi trabalhosa, muita coisa pra fazer em casa.... Eu melhorei  da garganta (pois é, dias atrás minha garganta começou a ficar ruim, muito dolorida).  Comprei aqueles spray de mel com própolis e estava espirrando, mas o marido deixou o vidro cair no chão e quebrou a válvula, pra não desperdiçar, coloquei o liquido num vidrinho e no lugar de espirrar, comecei a fazer gargarejos.  Nossa que horrível!!  Como arde o tal do própolis mas foi ótimo!  No primeiro gargarejo já senti o alívio e no dia seguinte quase não doia mais. Já as dores de cabeça continuam me perseguindo.Não sei o que pode ser.  Gripe ou resfriado não é.  Tô achando que estou com rinite, pois, é uma dor na frente da cabeça e quando abaixo por exemplo, parece que mexe o cérebro e dói.  É algo assim...  Quando dói muito eu tomo parecetamol, mas se dá pra suportar eu aguento a dor pra não ficar tomando remédio (por causa do neném e porque detesto tomar remédio!) .
No mais, melhorou um pouco os enjoos, embora andar de carro continua difícil....  A irritação também está mais controlada, mas tem momentos que ela vem com força ainda.


sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Amamentar e Desmamar... Falando novamente sobre o assunto...

Vou ter outro bebê, e com certeza irei amamentar novamente. 
Mas como toda mãe de primeira viagem, cometi alguns "erros" - acho que posso dizer assim - durante a amamentação da minha filha ; o peito para mim resolvia tudo.
Eu fazia assim;
  •  Laís chorava - é fome - vou dar mamá!
  •  Laís resmungava - será que ela está com sede?! - vou dar mais um pouquinho de mamá...!
  •  Está com sono... - vou deixar ela dormir no peito...  É tão bonitinho....
  •  Acordou a quarta vez na madrugada - deixa ela aqui na cama comigo...  É só puxar a blusa e nem preciso levantar pra pegar ela no berço...  Dou de mamar e ela dorme mais um pouquinho...
  •  Noites e noites sem dormir direito, acordando de 2 em 2hs - Alguém dizia:  "Por que não vê se ela pega chupeta ou toma mamadeira com um mingauzinho?...  - Eu respondia: " Acho feio criança com chupeta na boca...  E mamadeira eu tentei mas ela não pegou.  Também acho ela tão pequena para tomar esses engrossantes...  E eu tenho tanto leite ..."
  •  Não quer comer a papinha a sopinha - Deixa, se ela não comer eu dou mamá...
  • Sonequinha da tarde - É só deitar com ela no peito, ela mama um pouquinho e logo dorme...
Ai, quanto eu lembro....  Parece até que foi a muito tempo...
 Foi sofrido para mim quando percebi que estava criando  alguns hábitos com minha filha que na verdade não era tão bons.  Nas vezes que tentava desmamar, vi que seria um problema, como por exemplo; ensinei ela a dormir mamando.  Quem é mãe e fez o mesmo que eu, sabe o quanto é difícil fazer uma criança depois que completa um ano ou até menos, dormir sem mamar...  Sem antes ficar pendurado no peito!
E a criança que cresce e não quer saber de comida?  Não pegou mamadeira e agente acaba se descabelando pois sabe que ela precisa de outros alimentos mas pra ela só o peito basta! ...
Eu amamentei até os 2 anos e 9 meses minha filha. Amamentação prolongada onde muitas vezes ouvi críticas por parte de algumas pessoas, mas que graças a Deus não me influenciaram em nada.
Eu consegui desmamar.  Mas como mãe, foi no "peito e na raça"  É um vínculo muito forte.
Minha filha é uma criança saudavel e feliz. Quando ela crescer, vou poder contar que mamou bastante e que parou quando a mamãe pediu, para poder dar lugar ao irmaozinho que iria chegar. Que a mamãe apesar das inúmeras noites sem dormir adorava deixar ela mamar a hora que quisesse...

Depois que meu segundo filho nascer, prometi a mim mesma que não faria o mesmo que fiz com a Laís.  Vou amamentar sim mas não vou fazer meu peito, como dizem por aí, de chupeta (embora eu nunca tenha me considerado uma!).

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

O desmame total da Laís... Grávida e desmamando...

Desde que descobri minha segunda gestação, meio no susto, pois não tinha planejado, veio a angustia de como faria com a minha filha, pois ainda não tinha conseguido fazer o desmame noturno dela e nem tirar a "mania" que ela tinha de só dormir  no peito. 
Foi depois da primeira consulta pré natal onde me foi dito que deveria  fazer o desmame dela, que começou o meu empenho, já que estava influenciando na minha nutrição e consequentemente a nutrição do bebê. Dessa vez não haveria "pena" que viesse, o "mamá" teria que acabar de uma vez!
Como fiz:
No dia 03 de agosto sentei ao lado dela e conversando olhando em seus olhinhos, expliquei "que tinha um nenenzinho na barriga da mamãe e que era o irmaozinho dela.  Mas que a mamãe estava ficando dodoi e que não podia mas mamar pois senão ia fazer mal pro nenen, porque dava cólica na mamãe e assim,mamãe teria que tomar injerção e tal..."  Foi mais ou menos assim.  eu só tomei cuidado pra não falar como se ela fosse a culpada por isso.  Não lembro muito bem as palavras mas sei que deu certo pois ela entendeu e disse:   -" Tá bom mamãe...  Eu não vou mais mamar!!!"...
Lógico que não foi o que aconteceu!...  Pois bastava dar a hora de dormir pra começar o dengo.  Não seria de uma hora para outra que um vínculo de 2 anos e 9 meses terminasse. 
Aí veio a parte da negociação:  -" A mamãe vai dar só um golinho e você vai virar pro cantinho, fechar os olhinhos e dormir!...  "  Ela dizia:  Tá bom mamãe...  Só um golinho!...".  E assim fomos nós.  Eu deixava ela mamar um pouquinho, tirava o peito, falava pra ela virar pro cantinho. Cantava uma musiquinha e fazia massagem em suas costas.  Passava alguns minutos ela adormecia.   -Que felicidade!  Eu estava conseguindo!...-
Chegava a madrugada;  Laís acordava querendo peito eu firme dizia que não!  Ela pedia "Só um golinho!"...  Eu sedia,  fazia a exigência; "- Agora vira pro cantinho e dorme!..."  Ela obedecia...
Assim foi até o dia 23 de agosto.  Nesse dia o pai dela estava de folga em casa e ela na hora de dormir depois de todo esse processo, se recusou a virar pro cantinho e dormir sozinha, queria ficar agarrada no meu peito e fez a maior pirraça!  Então  fiquei muito brava com ela. 
Na maior birra quis o pai e não queria ficar no quarto comigo.  Esperei ela se acalmar. E eu também...
De volta ao quarto e mais calma ela pediu massagem (ela adora massagem nas costas!).  O pai fez mas ela não conseguia pegar no sono.  Então eu fiz todo o processo de novo...  Cinco minutos depois estava apagada...  Chegou a roncar!...
No dia seguinte eu sentei com ela novamente e voltei a falar tudo o que já tinha explicado e deixei claro que não iria tolerar pirraça por causa do mamá!!!  Ela entendeu e tornou a falar que "não ia mais mamar".
Passei os nove últimos dias firme. Não dei um pouquinho sequer de mamá. Ela até chegou a pedir "um golinho"...  Mas eu desviava a atenção para outra coisa.  Eu e o papai reforçamos a promessa que tínhamos feito que se ela parasse de mamar iria ganhar presentes (ela pediu; uma boneca que chora, bolinha de sabão e uma motinha - dessas elétricas que são carérrimas).
A soneca da tarde: Eu coloco ela no meu colo sentada no sofá da sala mesmo, falo para ela dormir um pouquinho pra descansar, pra depois agente brincar bastante...  Ela deita e dorme. Então eu ponho na cama.
A noite:  Como ela não vai mas se alimentar de madrugada eu procuro fazer de tudo para ela comer bem.  Dou o lanche a janta e antes de dormir dou um suco já que ela não gosta de nenhum tipo de mingau.  Por fim dou um banho bem gostoso e deixo ela numa banheira com bastante agua numa temperatura de morna pra quente.  Ela fica lá por cerca de 10 a 15 minutos com seus brinquedinhos.  Acalma bastante ela e relaxa.  Na hora de dormir deittamos fazemos a oração, digo vira pro cantinho, fecha os olhinhos e dorme e começo a fazer massagem nas costas .  Alguns minutos depois ela adormece.
Se acorda de madrugada eu falo com tom sério:  Vira pro cantinho e dorme!  Ela resmunga, faz um pouco de pirraça então eu finjo não dar atenção e ela dorme.
Pela manhã Laís acorda e diz:  " Mãe nem mamei toda hola!!!..."  Uma graça...
Hoje estamos no nono dia de desmame total.  Ela não pediu nem mais uma vez "um golinho".
O principal foi ter calma e firmeza para não seder.  E fazer tudo com amor e carinho e paciência.
Laís começou a se alimentar bem melhor e a dormir também (tinha noites que ela acordava mais de 6 vezes- pior que bebezinho).  Ainda está acordando de madruga de 1 a 2 vezes, mas teve noites que não acordou.
Quanto ao peito não encheu mais e nem doeu um só dia.

O desmame aconteceu sem traumas para mim e para ela. Foi um processo de aprendizagem e amadurecimento da nossa relação. Com a chegada de outro bebê seria complicado manter uma crinça grande que não tinha mais necessidades nutricionais do leite materno e eu também já estava cansada.

Estou feliz por nossa conquista.  A amamentação para mim foi uma experiência ótima, e sei que só tive problemas em não fazer o desmame antes por  insegurança e também por achar que minha filha não estava pronta para parar de mamar.
Tanto amamentar quanto desmamar me fizeram aprender muita coisa; sobre mim, sobre ser mãe...

domingo, 21 de agosto de 2011

Vejam este calendário... Será menina ou menino ?...

Segundo este calendário, pelo dia  da concepção, meu bebê tem chances de ser uma  MENINA.
 Testem vocês:
http://focalizaisso.com.br/index.php?option=com_womancalendar
Já conhecia mas não lembrava dessa tabela.   Se você sabe  o dia em que engravidou, como eu, tem mais chance de dar certo.  No meu caso eu já estava no período  fértil antes do dia apontado no calendário, o que me gera dúvidas; se eu antecipá-la ficaria meio a meio com um MENINO...  E agora?!...  Ai ai...
Vamos ver se vai dar certo!!!

sábado, 20 de agosto de 2011

8 Semanas... E os hormônios da gravidez

Hoje estou com 8 semanas e 5 dias de gestação.  Continuo malzinha.  Estou me sentindo uma chata!...  Me sinto muito irritada, não é nervoso é irritação.  O calor me irrita, barulho me irrita, levantar de madrugada para fazer xixi,a voz alta do meu marido, minha filha querendo brincar e eu querendo ficar quietinha comigo...  Tá brabo...  Parece até aquelas épocas de TPM forte!!! 
Eu não queria ficar assim.  Mas a verdade é que não estou legal.  Se pudesse ficar sozinha acho que seria ótimo, assim não incomodaria ninguém, nem ninguém me incomodaria...  (tem horas que queria que fosse assim, de tão irritada que me sinto...
E tem a minha pequenininha e o meu marido; não estou com paciência para nenhum dos dois e ter quer ficar me controlando para não magoar eles está  me angustiando.
Tento endender o que está acontecendo comigo, e ficar tranquila, mas não é fácil.  Sei que são os hormônios da gravidez. 
O sono não me deixa.  A parte da tarde não sou ninguém de tanta preguiça, falta de energia.  Chega a noite como tenho que levantar para fazer xixi acaba me dando insônia aí como perco parte do sono acordo mais chata ainda...
Ai, ai...  Será que vou ficar assim a gestação toda?  Será que isso vai passar?!...

As alterações hormonais na gravidez

Riso e choro na gravidez: por que mudo tanto?
Pela manhã, a alegria impera na casa de uma gestante, que acorda e faz um lindo café da manhã para o marido que vai trabalhar. No meio da tarde, a futura mamãe chora compulsivamente ao ver um comercial de bebê. Já pela noite, a mamãe grávida discute de maneira irritada com o papai por causa da cor do berço do bebê.
Se você, mulher grávida, se encaixou perfeitamente nessas cenas de alterações de humor, entenda o porquê disso acontece durante a gestação. Mas já adianto que você não se encaixa no perfil de pessoas meio maluquinhas.
Um dos grandes vilões por essas oscilações bruscas de humor na gestante são as mudanças hormonais. A grande maioria das mulheres conhece as alterações que o corpo e o humor sofrem com a TPM (tensão pré-mestrual).
O ovário antes da menstruação produz dois hormônios responsáveis pela preparação do corpo para receber um bebê: a progesterona e o estrogênio.
Quando o óvulo não é fecundado, acontece a menstruação, mas a produção desses hormônios é o bastante para causar as irritações, sensibilidades e choros da “famosa” TPM, que passa quando acontece a menstruação e os hormônios voltam para a sua taxa de normalidade.
O tal HCG - Quando esse óvulo é fecundado, o hormônio HCG (gonadotrofina coriônica) é produzido e jogado na corrente sangüínea. É esse hormônio que acusa a gravidez nos testes de sangue realizados para se descobrir a gravidez. Ele é produzido somente nas mulheres que tem o óvulo fecundado e tem a função de relatar ao corpo da mulher que tem um bebê em formação e que os hormônios progesterona e estrogênio devem ser produzidos em maior quantidade.
O progesterona e o estrogênio são um dispositivo do organismo da mulher para a proteção da gravidez, sem eles uma gestação não aconteceria. Como ninguém é perfeito (nem mesmo os hormônios), esses hormônios têm um efeito depressivo, deixando a mulher mais sonolenta, cansada e desanimada. A produção do progesterona aumenta 15 vezes durante a gestação e a do estrogênio quase 20 vezes. Daí nota-se inúmeras alterações no humor.
Já o HCG, além de fazer com que o corpo não reconheça o feto como um corpo estranho, é responsável pelos enjôos com cheiros e comidas, e até pelos vômitos. Quem é que fica de bom humor com enjôos e vômitos?
E como acontecem as alterações tão constantes de humor? São as oscilações que ocorrem nas produções desses hormônios pelo organismo da mulher durante todo o dia e toda a gestação, principalmente no primeiro trimestre. Os hormônios voltam à sua taxa de normalidade bruscamente quando a bolsa se rompe.
Outros fatores - Os vilões da história não são só as mudanças hormonais. As mudanças físicas também ajudam nas alterações de humor. Pés inchados que obrigam a grávida trocar seus sapatos por até dois números a mais que o real, aquela calça que a mulher adora não serve mais, por mais esforço que ela faça.
Dores na coluna que nunca apareceram agora acontecem pelo peso extra da barriga, e o tamanho da barriga deixa os movimentos da gestante mais lentos ou até impedem que ela faça algum que deseja.
Ansiedade, alegria de ser mãe e sentir-se poderosa, preocupações com a formação do pequeno serzinho que se forma dentro do seu corpo, imaginando como será o seu futuro e do seu filho e como será a sua carreira e o seu casamento daqui para frente são sentimentos que fazem qualquer humor subir e descer rapidamente.
O melhor é entender o que se passa com seu corpo durante toda a gestação e pedir ajuda para quem está mais perto como o marido ou mesmo de um profissional para amenizar todas essas alterações que acontecem.
Dicas
-Tenha uma boa alimentação, tome muito líquido e tente manter o bom humor sempre.
-Converse com o seu marido e peça para que tenha uma dose extra de paciência com você nesse período.
-Quando se sentir triste ou sozinha, tente se distrair, telefone para alguém ou convide uma amiga para passear.
Bruno Rodrigues

Créditos site: guia do bebê

sábado, 13 de agosto de 2011

Os enjoos da gravidez

Tá difícil!  Achei que tinha me livrado desses benditos enjoos, mas eles voltaram com força total.  Hoje estou um trapo.  Levantei, preparei o café da manhã e pronto;  foi só acabar de comer pra passar mal.  O café com leite deu ânsia e só consegui comer o pão.  para não ficar com fome empurrei uma banana.  depois tive que me deitar.  Fiquei mole, me bateu uma sonolência que parecia que não tinha dormido a noite toda.  Permaneci ali, por 1 hora. Tinha que levar a Laís para tomar vacina. O marido levou....  Graças a Deus!  Depois volta ela:  "- Mãe eu tomei gotinha e nem 'cholei '!  Vamos comigo no pula-pula que tem lá onde toma vacina!  Tem "escorregado " também!  Vem mamãe!!!..."-  Dizia ela.  E eu ali acabada...  Querendo dormir e com vontade de vomitar!
Não podia dizer não pra minha pequena!  Juntei forças e lá fomos eu e o pai levar a Laís pro pula-pula... 
Dia lindo de céu azul e calor e eu ali querendo um lugar pra me encostar! Minha filha se divertindo...
Vamos dar uma volta agora na beira da praia...  Só um pouquinho para a Laís ir na pracinha...  Lá eu bebo uma água de coco, diz que ajuda a tirar o enjoo!  Ahhh bendita água!  Quase me fez por tudo pra fora ali mesmo na mesa do quiosque!  Pelo menos a brisa do mar alivia um pouco...
Fomos a pracinha  (eu pensando...  Vamos embora pelo amor de Deus...)  Mas Laís estava tão feliz....
Respiro fundo...  Hora de ir embora. (graças a Deus!) .  Movimento do carro....  Agora vou vomitar!!!  Meu Deus que sensação horrível....  Aquilo subia e descia eu só queria chegar em casa!...
Cheguei!  Saio correndo do carro.  Quase vomito, (sei que é nojento,mas foi assim), mas não sai nada.  Cama.  Não fiz almoço,  não tem como, o cheiro de comida me embrulha.  Marido me substitui e eu fico de cama o dia todo.  Simplesmente prostrada, sem ânimo, com sono, e muito,muito enjoada...
Meu Deus!...  Passa logo primeiro trimestre....

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Estamos com 7 semanas... A primeira Ultrason

Pelo  DUM (Dia da Última Menstruação) hoje estou com 7 semanas e 3 dias de gestação. essa semanas fiz os exames pré natais (quase tive um treco na espera pra coletar o sangue, por que tive que ficar 12hs de jejum, foi horrível já que tô comendo toda hora!). E hoje fiz a primeira ultra para ver como está o meu segundo baby.  Graças a Deus está tudo indo bem!
É um feto único (tava com medo de ser 2 ou mais! Kkk).  Saco gestacional normoimplatado. Visicula vitelina de aspecto normal.
Meu embreaõzinho já tá grandinho e mede 16mm -comprimento cabeça-nádega (CCN)-
Os batimentos cardíacos estavam com frequência de 164bpm.  (batimentos maiores que 150...  Será que é uma menininha de novo?!!!...).
Segundo a ultra estou com 8 semanas de gestação.

Esses dias foram puxados!!  A preguiça diminuiu um pouquinho e retomei minhas atividades como levar a Laís junto com o pai pra escola, coisa que eu gosto de fazer.  Chegar em casa preparar o café, arrumar a casa e fazer o almoço.  Consegui fazer tudo numa boa. Aí depois do almoço morgava!  É nessa hora que o sono tá batendo com pressão!!! Aí eu tiro um coxilinho pois sou filha de Deus né!
Mas ainda estou tento enjoos, e tenho sentido muita fome, quer dizer, não é bem fome...  É vontade de comer...  Não estou tomando refrigerante nem comendo fritura e como muita fruta e salada de cenoura com beterraba crua ralada.  Uma delícia!  Adoro.
Como não estou ansiosa nem muito preocupada como na primeira gestação, minha prioridade tem sido a minha saúde.  O meu próximo passo é começar a  fazer caminhada.  Espero que a disposição venha logo para eu conseguir começar o quanto antes.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

A sexta semana de gestação

Estou no quarto dia de suplementação com Materna e mudei toda a minha alimentação, como fui orientada.  Posso dizer que com  essa simples atitude,  14 dias depois da confirmação da gravidez, hoje foi o dia que menos passei mal.  Com certeza,  muito do meu mal estar estava ligada a minha nutrição.  Por isso minha dica para quem está tento tonturas e fadiga,excesso de sono;  verifiquem a alimentação.
ESSA  SEMANA:   Os enjôos melhoraram um pouco e acontecem mais na hora do almoço (por causa de algum cheiro) ou depois.  De manhã tá ruim para tomar meu café com leite que gosto tanto...  Não tá descendo.  As tonturas acontecem mais quando estou andando, fazendo alguma coisa.  Por isso está  difícil limpar a casa e sair para fazer alguma coisa na rua, por enquanto estou evitando, pois as vezes eu ando e parece que não tenho chão para pisar, parece que o chão se meche ou algo assim....  Graças a Deus não vomitei nenhuma vez, embora as vezes pareça que vai sair tudo pela boca!  E o sono está diminuindo um pouquinho.  Mas pela manhã e a tarde depois do almoço os olhos pesam...  A irritação com tudo e com todos melhorou também, porque estava brabo!

Acho que a grande curiosidade da gente é saber como é o bebê durante as fazes da gravidez.  A quem interessar;
Olhem esta foto de um feto com 6 semanas de gestação.  Ela foi tirada por um estudante de medicina.  Créditos  http://www.flickr.com/photos/k-brito/1353315189/


Feto com 6 semanas

  
feto com 6 semanas


Feto com 6 semanas dentro do saco gestacional

Os efeitos da Raquianestesia no parto da Laís (Relato do Parto- Novembro de 2008)

No dia 13 de Novembro de 2008, nasceu a minha pequena Laís. Do dia do parto ficou a lembrança da primeira vez que vi aquele rostinho.. das bochechas rosadinhas!... E o terrível pós operatório de uma cesária. Minha filha veio ao mundo com pós datismo, de 41 semanas e 2 dias, depois de uma indução de parto de 6 horas com ocitocina, sem evolução. Ao nascer teve que ser aspirada e teve uma nota (apgar) 3, nos primeiro minutos de vida. Ou seja, entrou em sofrimento fetal, por ter respirado liquido aminiótico. Mas, graças a Deus, logo veio para meus braços, um pouco sufocadinha, mas bem. Eu, logo após a cirurgia, fiquei prostrada, de tanta dor de cabeça que sentia. Parecia que aquela porcaria da tal anestesia "raqui" tinhas subido para meu cérebro!. Passei muito mal. Na mesa,enquanto o médico fazia o parto, eu debatia meus braços incontrolavelmente, além de sentir um pouco de falta de ar. E fiquei tremendo até a anestesia passar, tremia igual vara verde! Eu fiquei tão mal que não consegui amamentar a Laís no primeiro dia.Eu sei que apaguei. E só me lembro de sentir muita dor. No segundo dia de internação eu e minha bebê fomos examinadas. Parecia estar todo bem, embora eu ainda sentisse dor de cabeça, tivemos alta. Já em casa, de noite ao dormi,senti algo queimando na minhas costas e subindo até o pescoço, não dei importância e peguei no sono. Foi aí que começaram uma série de pesadelos e vertigens assombrosos. Eu via pessoas de minha família como se fossem minhocas,outra hora rodava numa corda e era atirada contra paredes num lugar estranho cheio de montanhas. Via seres bisarros que me faziam previsões sinistras (como dizer que eu não poderia ficar com minha bebê). E quando tentava acordar via como se o teto estivesse descendo sobre mim. e via insetos voando pelo quarto. Enfim... Chorava muito e confeço que fiquei com medo de ter problemas por causa do efeitos colaterais da Raqui em meu organismo. Fiquei com medo de ficar louca. Ouvia choro de bebê toda vez que ia tomar banho, e ficava apavorada. Perguntava ao meu marido se a Laís estava chorando e não havia choro algum, era todo coisa da minha mente. E aquela dor de cabeça infernal que nenhum remédio passava... Orava muito e pedia a Deus que não acontecesse nada de ruim comigo, e em 3 dias fui melhorando. Os pesadelos acabaram. E a Dor já não era tanta. Não bastasse isso também tive problemas para amamentar minha filha, eu não sabia como fazer direito, agente não se entendia e ela chorava de fome tadinha... E o meu leite empedrava a toa. E com isso vinha a febre. Foi um sufoco meus primeiros dias como mãe... Mas é um sentimento, um instinto tão forte, que nenhum desses problemas que tive me afastaram da minha filha. Eu com febre, com dor, tendo alucinações e mesmo assim o amor era tão forte que não deixava a mente ser mais forte que eu. E assim os dias foram passando e tudo foi se ajeitando. Apesar de tudo de ruim que passei, a alegria de ser mãe, de saber que aquele pedacinho de gente saiu de dentro de mim, de saber que a minha filha naquele momento olhava para mim e parecia me dizer; mamãe, nesse momento eu só preciso de seu carinho e de seu cuidado!... Isso e somente isso me importavam. Agora eu sou mãe!!!!













SOBRE A ANESTESIA USADA NO MEU PARTO: A RAQUIANESTESIA Denomina-se raquianestesia ( bloqueio subaracnóideo ) a anestesia que resulta da deposição de um anestésico local dentro do espaço subaracnoídeo. Ocorre bloqueio nervoso reversível das raízes anteriores e posteriores, dos gânglios das raízes posteriores e de partes da medula, advindo perda da atividade autônoma, sensitiva e motora. São indicadas para cirurgias de abdômen e extremidades inferiores, inclusive para cirurgias obstétricas ( parto vaginal e cesariana ). Como a medicação é depositada dentro do Líquor, é necessária apenas uma pequena quantidade de anestésico local para produzir anestesia altamente eficiente. Trata-se de uma importante vantagem da raquianestesia sobre a peridural, pois trabalha-se com um risco de intoxicação por anestésicos locais muito próximo de zero. A desvantagem mais conhecida da raquianestesia é a cefaléia pós-punção (nome técnico para a dor de cabeça que pode aparecer quando perfuramos a dura-máter). A explicação mais aceita para esta condição é relacionada com o "furinho" que fica por alguns dias na dura máter e provocaria perda de líquor do espaço subaracnoídeo, causando a dor de cabeça. Com a introdução de agulhas mais finas, descartáveis e menos traumáticas, esta técnica novamente ganhou grande impulso. Porquê a incidência de cefaléia diminuiu tanto com este novo material ??? A resposta é simples: agulhas melhores fazem "furinhos" menores nas meninges, ocasionando menor escape de líquor e menor probablidade de cefaléia. A simplicidade de realização, o excelente controle do nível de anestesia que proporciona, a excelente qualidade do bloqueio sensitivo e motor, o baixo custo e a segurança do procedimento explicam por que esta é uma das técnicas anestésicas prediletas do anestesiologista brasileiro.