CLICK HERE FOR THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES »

sábado, 29 de dezembro de 2012

Nossa vidinha aqui......

Gente quanto tempo!! O blog está abandonado mas é tudo culpa da minha falta de organização em razão ao meu tempo livre (que é pouco).

A minha experiência de mãe de duas crianças com diferença de 3 anos e meio entre si, tem sido meio desgastante.  Mas eu nem digo que seja por conta das crianças, mas sim por minha  estrutura (ou falta de), de casa, de família... Se as coisas fossem mais estruturadas para mim, com certeza seria mais fácil... Por isso que eu digo; quem pretende ter filhos se estruture em todos os sentidos primeiro...
Depois da última postagem do aniversário da Laís,  em relação as crianças foi tudo tranquilo, só pequenos estresse mesmo...

Resuminho desses últimos dias..
*A Júlia começou a engatinhar na semana em que completou 8 meses..   Foi bem tranquilo para ela, não precisei forçar nada. Agora com quase 9 meses ela já fica em pé com apoio.  Comprei um andador para ela ir treinando, mas ela não gosta muito de ficar nele não... Até por que o andador limita muito a criança né...  Ela gosta de engatinhar pela casa e de mexer nos armários da cozinha...  Já começou a puxar minhas panelas e fazer bagunça com elas...  Agora é olho vivo pra ela não se machucar!!!
Ela  não gosta de comer papas de frutas e nem gosta de sucos.. É chatinha pra caramba para coisas doces o que me deixa de cabelo em pé em relação as lanches ..  O negocio dela é comida de sal . Ela topa qualquer coisa.... Almoça e janta muito bem!
Por enquanto nada de dentes!  A Júlia está com a gengiva toda inchada,dá pra ver os dois dentinhos por baixo da pele,quase come as maõs  tentando coça-la, super irritada, não dorme direito nem de dia e muito menos a noite. Essa semana já estou na quarta noite que consegui dormir no máximo 4 a 5 horas, pois a Júlia desperta de meia em meia hora... E pior, fica irritada porque não consegue dormir e quer ficar grudada no meu peito...  Não estou gostando dessa parte pois tenho medo dela pegar mania como a Laís...
Por conta dos dentes (espero que seja) ela está um enjoo só...  Chorona, só quer saber de colo, nem Galinha Pintadinha nem Hi-Fi que ela adora tem ajudado....

*A Laís, já tá uma mocinha.... melhorou um pouco da roeção de unhas (pelo menos não roeu mais as dos pés), já está aprendendo a tomar banho sozinha e já sabe se vestir também.
Parou um pouco com a mal criação e birras.Não deu mais sinais de depressão infantil e terminou bem o ano na escola.. Por falar em escola, ela passou do maternal para o pré e no ano que vem irá para a escola pública, pois a particular tá pesando muito no bolso....
Laís já está de férias e simplesmente se apossou do meu computador!  Ela gosta de jogar no site da Barbie,, Polly, Princesas.... Se deixar  fica o dia inteiro.... Tenho que tá pedindo pra ela sair e ir brincar.  Pode ?...

Fotos da nossa noite de natal

Júlia e Laís...

Júlia abrindo um presente...

A carinha da minha princesa!!!...











quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Aniversário da minha filhotinha Laís!!!

Ontem foi aniversário da Laís... 4 Anos...  Minha filha tá crescendo e virando uma mocinha!...
Pra comemorar a data fiz na quinta-feira (dia 8) uma festinha para ela na escola, como no aniversário de 3 anos, por que estamos longe de nossos familiares e por motivos financeiros também.  Além do quê, festa de criança tem que ser para crianças, então nada melhor do que os amiguinhos da escola.
Festinha para 21 crianças...
Fiz  com a ajuda da minha mãe tudo em casa (por conta disso rolou maior stress entre   nóis duas e ela está meio que sem falar comigo....) .
O tema da festinha foi a Minney Rosa (Laís quem escolheu!).
Para comer; comprei pão de queijo congelado,salgadinhos também congelados para fritar antes da festa. Minha mãe fez quibes (Laís adora!),  Comprei frutas; morango e uvas.  Também fizemos pipoca.
 Para beber;  suco de soja, suco de cajú e guaraná natural..
Docinhos; brigadeiros e beijinhos.
Fiz um bolo de chocolate com recheio de brigadeiro e  com cobertura de chantily..Cortei e pus as fatias em papel alumínio, para ficar tipo bolo surpresa.  Acho super prático em festinha infantil.
Fiz um bolo falso com a decoração da Minney para colocar na mesa.
Fiz pacotinhos de guloseimas com balas,confeitos de chocolate e pirulito.
Os docinhos foram em uma caixinha., junto com o  bolo surpresa e o saquinho de guloseimas para as crianças levarem para casa ,para que pudessem comer depois, (já que a festinha era no horário em que eles fazem o lanchinho da manhã (9:00hs).)
De lembrancinha um livrinho para colorir com o tema da festa que eu eu mesmo fiz, tirando imagens da internet e imprimindo.
Apesar de eu ter ficado chateada com os aborrecimentos para fazer uma comemoração tão pequena, por causa do pai da Laís (que não cooperou muito e com minha mãe que se chateou porque eu falei que ela usou muito chocolate em pó no brigadeiro.........)....  Eu fiquei contente em mais uma vez poder ver minha filha feliz...
O resultado foi esse aí...

Bolo falso

A mesa do bolo

Saquinho com o bolo surpresa,caixinha com os docinhos e pacotinho de guloseimas 
Hora do parabéns



Ficou bem simples mas tudo muito gostoso...  As crianças aprovaram!  Estava chovendo nesse dia e teve quer ser em uma sala da escola e não no pátio como eu queria..  Mas a criançada fez bagunça...  E como falam!!  Foi bem legal e a minha filhotinha adorou!...

Laís, parabéns pelos seus 4 aninhos!!!!!!! Mamãe ama muito você!!!!!


sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Ser mãe é... Não ter tempo pra ficar na inetrnet!...

Sumi de novo por pura falta de tempo...
Marido está trabalhando de dia e de noite para cobrir os prejuízos da batida com o carro (a franquia do carro que ele bateu é de R$6 mil.. fora o nosso prejú, R$3 mil, por enquanto..)  Nem preciso dizer que eu me lasquei sozinha em casa com as crianças sem ninguém pra me ajudar em nada né (as vezes morar longe da família é ruim por isso).
Eu estou me desdobrando para conseguir levar a Lais para a escola, cuidar da casa (minha rua está sendo asfaltada e tá um caos por aqui de tanta poeira... Dá vontade de chorar! por que a casa não pára limpa). Aí tem almoço, roupa pra lavar e cuidar da Júlia.. Fazer mercado e tudo isso sem carro... (aqui em Rio das Ostras agente usa van como transporte público, tenta entrar com 2 crianças + mochila em uma pra ver).. Como é difícil gente.. E quando uma das meninas ficam doentes aí é que piro...  Meu marido tá fazendo uma falta danada em casa kkk!!
 A Júlia teve reação da praga dessa tal vacina nova PENTA ficou com febre por mais de 24hs e um nojo de enjoada.  Gente essa vacina tá dando muita reação nas crianças. Não teve uma mãe que conheço que não teve problemas com seus bebês.  A Júlia também ficou cheias de bolinhas no dia seguinte a vacina.   Fiquei apavorada de ver.
Ela está essa semana bem gripada com nariz super entupido e com bastante secreção amarela. Estou dando Amoxicilina e Decongex mas o nariz não para de escorrer tadinha´... Tá difícil para mamar e pra dormir..
Minha bebê tá crescendo gente!...  Ela já fala MAMÃ e PAPÁ...  Me chama o dia inteiro.. É uma graça..  Mas como ela está meio doentinha chega ser enjoado ..."mamã..mamã"  toda hora, querendo colo...
Pra comer tá uma luta.. Ela não gosta de frutas. Adora caldinho de feijão e papinha da Nestlé..  Por falar em papinha da Nestlé;  A Júlia estava "6"dias sem fazer cocô e nada que eu fazia para ela evacuar estava adiantando..  Esses dias por conta dos preparativos de uma festinha que estava preparando para a Laís, eu não tinha tempo de fazer a comidinha dela e comprei a da Nestlé  3 dias direto...  Não é que a menina fez cocô...  Soltou o intestino dela direitinho.. Achei interessante...
A Jú também já está quase engatinhando..  Acho que ainda esse mês ela já consegue..  Ela já tá engatinhando para trás. É uma gracinha!.. Esses dias ela tentou ir pra frente e caiu de boca no chão.  Eu quase tive um troço... Saiu muito sangue da boquinha dela pois cortou um pouco com a batida.
Eu estou sem tempo pra ficar no computador mas vou tentar voltar para contar como foi a festinha que fiz para a Laís na escolinha dela.
Bjs e até ...

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Voltei!!

Oi!!!..  Sumi um tempo por que estava sem PC.  E a minha maior raiva, é por que fiquei esse tempo todo desconectada por que um ladrão disfarçado de técnico de computador roubou um pente de memória do meu PC. Pode?  Já ia comprar um computador novo quando meu sobrinho que está hospedado aqui em casa por conta de um curso mexeu na maquina e constatou o motivo de tanta lentidão no PC. Que raiva. Agente não pode confiar mais em ninguém.
Bom.. Problema resolvido..  Estou conectada novamente, porém meu tempo é curto e o cansaço toma conta de mim...Rsrsrs!!!
Muitos problemas aconteceram.  Marido bateu com nosso carro no começo do mês passado e o carro está na oficina até hoje....  Graças a Deus nada de mal aconteceu..
Por causa desse gasto a mais ele está trabalhando de dia e de noite e eu agora estou sozinha em casa com as crianças me desdobrando para dar conta de tudo sozinha... E nessa hora que tenho raiva de mim mesma por não ter coragem de dirigir.
A Laís está aos poucos melhorando dos problemas psicológicos que andou tendo.  Mais insiste em querer ficar grudada na barra da minha saia.  Parou de roer as unhas do pé, mas das mãos ainda não.  Tem feito birra para ir a escola e inventa dores de barriga bem na hora de sair....
Minha bebe Juju está uma graça só.  Começou a sentar com 5 meses e meio. E Agora deixo ela sentadinha no chão em cima de um colchonete e ela fica lá brincando e vendo a Galinha Pintadinha..  Ela adoraaaa!!!
Não tive muito sucesso com as papinhas de frutas.  Ela detestou quase todas e gostou de comer geléia de mocotó... Mas a papinha salgada ela aceitou super bem e adorou caldinho de feijão!...
Tô cortando um dobrado é com a prisão de ventre que deu na menina... Tadinha ela fica dias sem fazer cocô.  Voltei a dar mingau de leite( agora o de caixinha mesmo) com Mucilon, mas ela não gosta muito não...   Suco de laranja lima também não e adora beber água...  A Júlia tá ficando danada e agora começou a fazer manha para ganhar colo... Ela continua dormindo cedo agora por volta das 19 hs, mas tem acordado bastante durante a noite toda e não sei se é por causa da irritação da gengiva que ela tá braba de tanto que coça e dói não sei...
Segunda dia 15 foi meu aniversário..  Tô ficando mais experiente...Kkkk...
Bom... Então é isso...  Volto com calma agora pra ir postando os acontecimentos!....

Júlia com 06 meses!!!  Já fica sentadinha sem cair...


domingo, 9 de setembro de 2012

Papinha de frutas e mamadeira!!!!



Muita brincadeira pra tentar fazer a Júlia comer a papinha...

Essa semana tivemos consulta com o pediatra e ele liberou as papinhas de frutas.
A Júlia detestou!!!
Eu dei pra ela perinha raspada.  Ela fez cara feia e no começo cuspia tudo...  Mas até que comeu uma metade.  No segundo dia ofereci maça raspadinha ela comeu forçadamente... a terceira fruta que ela experimentou foi purê de mamão com suco de laranja lima...  Nem pensar..  Ela chegava a empurrar a colher e chorar.....
Também não gostou de suco de laranja lima, mas gostou de beber água ....
Ai como é difícil!!!

Quanto a mamadeira eu comecei com mingau ralinho de leite Ninho com Mucilon arroz, dei 50ml. No começo ela não gostou muito também, mas agora está tomando tudinho e hoje coloquei 70 ml e ela mamou tudo. Ofereço a mamadeira pela manha, no inicio da tarde e no fim da tarde, ainda não tive coragem de dar antes dormir, pois tenho medo de dar dor de barriga nela... 

Por falar nisso, essa mudança na alimentação prendeu o intestino da Júlia e ela está gorfando bastante e a babação aumentou e além disso ela está super irritada e eu não sei se é por causa da mamadeira ou das frutas, mas como ela praticamente não comeu as papas, eu acho que foi o mingau que fez mal .  Não sei... Vou ter que observar melhor...



quarta-feira, 5 de setembro de 2012

5 meses da minha filhotinha...

No domingo passado dia 02, minha Jú fez 5 meses de vida!
Ela está muito esperta, super durinha,pega tudo o que vê pela frente com muita força nas mãozinhas e,claro, põe na boca...  Tenho que está de olho... 
Ela agora, não está muito dorminhoca durante o dia... E descobriu como é gostoso um colo...  Tem atrapalhado bastante meus afazeres domésticos...  E sem mentira nenhuma, de tanto eu repetir a palavra "MAMÃE" para a menina ela me pede colinho assim"mmam""umamam", choramingando cheia de dengo... Verdade mesmo!... Eu fico toda cheia e não resisto...  Acabo dando colo...
2 dias antes dela completar 05 meses, aprendeu a balançar a cabeça de um lado para o outro(tipo fazendo não), ela faz muito rápido!! É muito engraçado...  Eu babo!!!...
 Por falar em babar, ela já está babando pra caramba...
hoje foi dia de consulta no pediatra.  Ela está com 6700kg, não ganhou muito peso (pudera,é uma preguiça só para mamar), mas o médico disse que está bem assim, pois ela está só no peito. O importante é que está crescendo e sem perder peso. 
Eu comecei com a papinha de frutas. O pediatra liberou pêra,maçã,suquinho de laranja lima, pediu para não dar banana  ainda para não prender o intestino...Eu por conta própria resolvi dar mamadeira também,pelo menos um pouquinho (50ml) faço um mingau bem ralinho de leite com Mucilon arroz. A primeira vez ela não aceitou e cuspia tudo, daí hoje não dei o peito no horário dela mamar e substitui pela mamadeira,ela resistiu um pouquinho,mas estava com fome e mamou tudo.... Eu pretendo fazer a introdução bem devagar pra acostumar o organismo dela aos poucos e por enquanto vou permanecer amamentando também.
Mês que vem o médico disse que aí sim, começaremos a comer comida de verdade...


Minha Julinha... 5 meses!!!

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Fracasso como mãe? - Minha filha pode estar com Depressão infantil

Saudades desse Blog!!  Vários dias sem postar nada por falta de tempo, e por que o pc tá uma porcaria...
Durante esses dias muitas coisas aconteceram. 
A Júlia fez sua primeira viagem para Teresópolis (cidade onde nasci e mora a minha família).  Fomos no domingo dia dos Pais e retornamos na terça de manhã.  Foi super tranquilo a Jú se comportou bem e só ficava enjoada a tarde pois ela gosta de dormir cedo e na casa dos outros é difícil manter a nossa rotina. São aproximadamente  3 hs de viagem de carro (contando as paradas) e ela dormiu quase o tempo todo. Na ida e na volta.
Ela já estava começando com um resfriado e depois que voltamos ficou bastante constipada e não havia sorinho no nariz que dese jeito.Fiquei um bocado de noites sem dormir direito por causa disso. Por conta própria, baseado na minha experiência com a rinite alérgica da Laís , dei um remédio para ajudar a desobstruir o narizinho dela (Decongex) pois a menina mal conseguia mamar e não me deixava usar nela o aspirador nazal de jeito nenhum (aliás achei esse treco uma porcaria).
Foi difícil mas ela agora esta melhor.
Outro sufoco que passei esses dias foi com a Laís.
Minha filha está insuportavelmente chata.  Teimosa,desobediente, mal criada,respondona,birrenta... enfim... Surtou minha maiorzinha...  Ela era tão doce e querida... Surtou...
Conversei com a psicologa da escola dela que por sinal foi um amor de pessoa e me orientou muito bem.
Como a Lais começou com esse comportamento depois do nascimento da irmã e tem mostrado alguns outros sinais de alerta como "pegar" escondido pecinhas de montar da escola e esconder no shortinho, e também roer as unhas da mão e do PÉ a ponto de machucar-se, a psicóloga acha que ela pode estar com início de depressão infantil e crise de ansiedade.  Isso mesmo.  Minha filha está achando que está me perdendo e isso tem feito ela sofrer... 
Fiquei péssima por causa disso, mas não estou conseguindo suprir todo o papel que me é cabido. ..  o fato é que sem querer devo ter deixado de lado minha filha de 3 anos por conta da bebê... e de me preocupar com coisas de dona de casa...
Acho que ando descontando nela minhas frustrações no  relacionamento com meu marido também.  Ele tem tido atitudes que vem me irritando muito e me fazendo pensar até em separação.  O fato de morar em uma cidade longe de meus familiares também me angustiam.  Me sinto muitas vezes sozinha e só as obrigações domésticas me sufocam.  As vezes fico tão irritada por tudo, e sem paciência, acabo brigando com a Laís por qualquer coisinha.  E criança com a idade dela apronta, não tem jeito.  E ela tem me solicitado muito por conta desses seus sentimentos .  Faz de tudo para chamar minha atençaõ, e diversas vezes eu não gosto e não tenho paciência..
A psicologa me orientou e me pediu para procurar ajuda psicológica para acompanhar agente por um tempo.
Por enquanto não consegui fazer muita coisa não...   Pois não estou bem comigo. Mas vou tentar colocar logo em prática tudo que foi dito.  Sei que amo minha filha e não posso admitir que ela sofra por minha causa.

terça-feira, 31 de julho de 2012

Como lidar com as "birras" das crianças..

Ontem estava assistindo o programa Encontro com Fátima Bernades, na Rede Globo, e especialistas davam dicas de como lidar com a pirraça das crianças. Muito interessantes.  sugiro que dêem uma olhada na matéria.
Eu estou enfrentando, essa fase agora com a Laís.
Ela teima em me enfrentar e testar meus limites.  É uma fase complicada  e, eu como boa mãe que tento ser, estou procurando informação de tudo quanto é lado para tentar passar essa etapa da minha vida sem muito estresse.  É muito díficil,mas com amor sei que consigo.  Já sei que bater não adianta e não tem cabimento.
Esses métodos que ensinam por aí ajudam bastante.  Aqui em casa eu coloco "pra pensar", mas o método da "Super Nani" completo, por exemplo, tem que ter muita persistência e tem que ser feito igualzinho ela ensina,senão não adianta muito.
Só sei que temos que ser firmes.  E para educar é preciso muita paciência e amor...

SEGUE O LINK DA MATÉRIA DO PROGRAMA:
http://tvg.globo.com/programas/encontro-com-fatima-bernardes/O-Programa/noticia/2012/07/especialistas-dao-dicas-de-como-acabar-com-pirraca-dos-pequenos.html

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Bebê dorminhoca..

As férias de Julho estão terminando, e eu com duas crianças em casa...  Tadinha da Laís, que não fez nada de diferente,pois nenhum de meus planos,como o de viajarmos para Teresópolis, ou tirar um tempinho pra passear na praia, ou ao menos ir na pracinha, deu certo, tudo porque ficamos sem carro.
Quem gostou foi a Júlia, que ficou esses dias todos em casa, sem precisar ser levada de um lado para o outro, e pôde fazer a coisa que mais gosta:  DORMIR!!!
Pois é. Minha bebê é uma dorminhoca de marca maior.  Se fosse por ela dormiria o dia inteiro...
A Julinha, tira varias sonecas durante o dia, e fica muito irritada se não dorme.  E a tarde por volta das 18hs ela já está prontinha para dormir a noite toda, só acordando para fazer as mamadas...
Eu até gosto, mas o fato é que eu passo o dia inteiro fazendo 'Psiu!!! Fala baixo... A Júlia tá dormindo!...',Sim, por que o pai dela fala alto pra caramba e a Laís está indo pro mesmo caminho...
A Jú dorme bem com som de TV, de música,mas falatório muito alto e batidas de coisas, acordam ela.  Aí ela fica muto braba.  Irritadíssima!...
E se ela dorme bem durante o dia, é melhor ainda a noite, e ela acorda super sorridente no outro dia.
Outra coisa que é legal nela é que  não precisa de ritual de sono ou ser ninada pra dormir.  É só a rotina mesmo. E chupeta se ela estiver irritada ou cansada...


Minha dorminhoca...



terça-feira, 24 de julho de 2012

Amamentação exclusiva ... Até aqui estou conseguindo

Já reclamei aqui que ando meio cansada, e esses dias refletindo sobre minha vida de mãe,dona de casa e esposa, concluí que não adianta reclamar sobre o  'leite derramado'.  Os filhos estão aí, tenho uma casa para administrar e um marido (que teima em achar que sou a mãe dele) para cuidar...  Enfim, não vai adiantar em nada eu me estressar.
Ainda não sei como vai ser, mas o primeiro passo é tentar organizar melhor meu tempo .24hs não está sendo suficiente para fazer tudo.
Muitos aborrecimentos me prejudicaram,psicologicamente e fisicamente pois, não estava me alimentando bem e com tudo isso, acabei não conseguindo produzir leite, o que atingiu diretamente a Júlia, que está mamando somente no peito,nem agua ela toma .
Dias atrás cheguei a ponto de estar quase seca, o peito não enchia por nada.  Foi horrível ver a Júlia chorando querendo mamar e eu sem leite.  Tive que fazer uma mamadeira de LA e dar pra ela, que por sinal mamou só um pouquinho pela fome, mas estranhou o gosto e danou a chorar.
Para o leite voltar, eu me concientisei da importância de tentar ficar mais tranquila diante das coisas que me aborrecem. Não achava que era verdade, mas agente que está amamentando não pode se aborrecer muito que o leite realmente seca. Resolvi tomar alguma providência e mudar de atitude;
Em primeiro lugar estão as minhas filhas, a Laís que tem apenas 3 anos e meio e precisa muito da minha atenção, e a Júlia que precisa dos meus cuidados.
Tentar ser mais feliz tem me ajudado a encarar essa nova fazer da minha vida, de ser mãe de duas crianças.
Pequenos prazeres como voltar a buscar a Laís na escola, por exemplo.  Ela fica super feliz quando me vê e, é um momento bem legal só nosso.
Quanto a minha casa estou tentando organizar a bagunça, mesmo assim, minha rotina doméstica ainda está meio complicada, por que a Jú me solicita muito.
Voltei a cuidar de mim.  Fiz relaxamento no cabelo e uma escova progressiva.  Estava com medo de fazer por causa da amamentação, mas acho que não teve problema não, pois não vi diferença nenhuma, como cólica ou outra coisa na Júlia.  Se passou alguma coisa para o leite, passou pouco.  O fato é que não tinha condições de ficar com meu cabelo do jeito que estava.
Também voltei a fazer as unhas pelo menos de 15 em 15 dias e comprei cremes para dar uma melhorada na pele do rosto, já que não dá pra fazer nenhum tratamento mais eficaz agora.
Estou bebendo bastante líquido,principalmente água.
O que contribuiu mesmo para a volta do leite, tenho certeza, foi voltar a tomar o suplemento de vitaminas que usava na gravidez, o MATERNA. Pois notei que estava me alimentando pessimamente e pra produzir leite o organismo não estava dando conta sozinho. 
Para as mamadas da Júlia serem mas produtivas, eu tento fazer-la no quarto, só eu e ela, sem pressa , com tranquilidade. Ela fica calma e suga o peito melhor.

Enfim, o resultado dessas simples medidas é que meus seios estão jorrando leite de novo.  Estão enchendo de vazar o dia inteiro. Julinha está se esbaldando...
Pretendo manter a amamentação exclusiva por mais um mês. A Jú estará com 5 meses, diferente da Laís que começou a comer papinha com apenas 4 meses, quando eu tive que voltar a trabalhar, e graças a Deus, não teve problemas com a introdução de alimentos e ainda mamava no peito.
Meus planos é que a Júlia mame até 1 aninho de vida, por que depois acho difícil tirar...


domingo, 15 de julho de 2012

Mãe tem férias...? Desabafo

Cansada.  É assim que estou...  Quando me vi grávida pela segunda vez surtei pois sabia que seria difícil. 
Eu moro em outra cidade, longe da minha mãe, irmãs , aqui não tenho muitos amigos e fica difícil não ter ninguém pra ajudar.
Na verdade, eu não queria ajuda de ninguém, pois sempre me virei sozinha, mas tem horas que acho que vou surtar.  E tenho vontade de ligar pra minha mãe ou alguém e pedir socorro.
Não sei se sou muto desorganizada, mas o fato é que não consigo dar conta de manter a minha casa limpa,roupa lavada e passada,preparar a comida, cuidar das crianças...  e ser carinhosa,da colinho pra minha bebê,buscar a Laís na escolinha,olhar sua mochila a agendinha,seus trabalhinhos e perguntar se foi legal o seu dia,sentar a tarde no tapete com ela e brincar de montar bloquinhos ou de desenhar,enquanto a Júlia chora querendo mamar,trocar a fralda ou dormir.  E quando chega o dia da vacina que é só chororô e tenho que dar mais atenção pra bebê e a outra faz um monte de malcriação, e birra ou travessuras que me tiram do sério e eu fico aos berros e sem controle dou uma palmada (mesmo sabendo que não pode mais, e que também não era isso que eu queria ter feito)....
E por aí vai.. O que tem me doído,é a falta de tempo pra mim.  Meu cabelo chegou ao ponto de não desembaraçar nem embaixo da agua do chuveiro com muito condicionador.  Nessa hora eu dei um berro no banheiro e falei com meu marido que queria dinheiro pra fazer o cabelo!  Que raiva!  Me olhei no espelho e me vi feia,com meus cabelos igual a uma vassoura,minha pele cheia de cravos e com os olhos com baitas olheiras...
Namorar?  Meu marido trabalha a noite e quando ele chega de madrugada, que não se atreva a me acordar.  Aliás quem disse que eu consigo acordar...  Já não me bastam as duas mamadas que tenho durante a noite, onde eu mal consigo sentar na cama e pegar a Júlia no colo isso batendo cabeça e tentando me manter ali,acordada...  E durante o dia enquanto poderíamos fazer alguma coisa não sobra tempo, pois cada um está fazendo alguma coisa...  Ou nenhum ou outro está interessado no assunto.  Parecemos até dois irmãos, dividindo muitas tarefas e problemas juntos...
Tem vezes que eu brigo e reclamo outras não falo nada...  Mas essa rotina puxada,sem muitos prazeres, está me deixando um pouco deprimida e cansada... 
Esses dias surtei com o choro da Júlia e os aborrecimentos que a Laís vem aprontando, tudo pra chamar minha atenção, e tive uma crise de choro.  Liguei para o serviço do Edmilsom e descontei tudo em cima dele...  Falei um monte....  Minhas bochechas chegavam a pular de taõ nervosa que fiquei.
Depois do surto fiquei bem. as crianças logo dormiram e eu fui me distrair no Facebook...
Tô aqui , juntando forças para tentar ser melhor...  Será que consigo?...

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Minha bebê caiu da cama!!!

Gente , a Júlia acabou de fazer 3 meses e caiu da minha cama (cama box,daquelas altas...)..
Foi ontem, eu  coloquei a Laís pra dormir comigo pois estava doentinha, atacada de rinite alérgica. 
Eu dormi no meio  e coloquei a Júlia bem pertinho de mim ,na beira.
No meio da madrugada a Laís estava se mexendo muito, sem conseguir dormir direito por causa do nariz entupido. Eu dei de mamar para a Júlia e resolvi deitar nos pés da cama com ela, pois a Lais estava incomodando a gente de tanto que se mexia. 
Quando foi por volta das 5hs da manhã, eu só escuto em barulhão e a Júlia aos berros.  Dei um pulo da cama e só me lembro de pega-la do chão.
Ela chorava bastante e eu me tremia toda de nervoso!  Não sabia o que fazer.  Dei o peito pra tentar acalma-la, logo ela parou de chorar.
Gente eu não conseguia parar de tremer. 
Depois que ela estava mais calma e eu também é que fomos ver se tinha  machucado.  Graças a Deus não tinha nada,nem um roxinho...
Eu fiquei preocupada com a cabeça,porque com o susto, eu nem sei em que posição ela cai se de bruços, de frente...
Depois que vi que aparantemente estava bem,  eu fiquei com ela no colo para mante-la acordada e observar se não ia ter vômito ou coisa pior, mas meia hora depois ela adormeceu. 
Eu fiquei observando .  Não aconteceu nada de ruim.  Ela dormiu até as 6:40hs, as 7hs mamou normalmente, respondeu as minhas brincadeiras e sorriu bastante.  
Novamente eu verifique se não havia algum machucado.  Estava tudo bem...
Passei o dia inteiro só observando ela.  A única coisa que estranhei um pouco é que ela dormiu bastante, tirou mais sonecas do que de costume, mas sempre acordava bem.
Não teve vômito,nem nenhum outro sintoma estranho (Obrigada Deus!) 
Foi um susto danado...  Agente acha que porque a criança ainda não sabe rolar que não vai cair da cama .  dá nisso.  Ela deu impulsos com as perninhas até sair do travesseiro e ficar na beirinha da cama.  Um perigo só...
Espero nunca mais passar por isso.. 

Eu pesquisei sobre o que fazer em caso de queda. 
Segue o link:
http://brasil.babycenter.com/baby/protecao/quedas/

segunda-feira, 2 de julho de 2012

3 meses... Nossa rotina ..O que deu certo até aqui..

Hoje a Jú faz 3 meses. Até aqui até que não foi tão difícil (tirando o primeiro mês que foi barra...) em relação a ela.
A Laís está dando mais trabalho que a bebê. Está com um comportamento que tem me tirado do sério (no próximo post conto o que ela tem aprontado...)...
Depois que tive certeza que a Júlia estava bem de saúde comecei a observa-la bem. 
Distinguir o seu choro, como ela dormia,seus horários. Acertei o tempo das mamadas que por conta do refluxo tenho que oferecer mais vezes.  Observei  sonecas diunas, e o horário que ela dava sinais de que queria dormir a noite.
Ela é uma criança bastante exigente e gosta de ser atendida prontamente,chora muito se estiver com sono, por isso tenho que estar atenta as seus bocejos  e sinais como fechar as maoszinhas sobre o peito e esfregar os olhos.  Se não pôr ela pra dormir logo após esses sinais, é escândalo na certa!  Ela fica muito irritada quando quer dormir.
Eu li sobre o método da "Encantadora de bebês" e segui algumas coisas. Por isso,indico a quem não conhece, dar uma pesquisada a respeito.
Seguindo alguns ensinamentos da' Encantadora 'eu montei a rotina da Jú.
O que deu certo comigo foi o método EASY-  de mamar, fazer alguma atividade (trocar fralda ou brincar um pouquinho com ela, conversar etc.)e depois dormir.  Sempre nessa ordem.  Principalmente  a noite, ela mama,ponho para arrotar e se for preciso troco a fralda.  Faço tudo isso no quase escuro e sem dar atenção para ela.  Ela nunca chorou a noite eu fazendo essa sequência.
O que funcionou também é a coisa de não estimular muito a criança, tipo luz acesa nas trocas de fralda a noite,brincar com a criança no momento em que ela estiver dando sinais de sono,faze-la dormir andando pra á e pra cá, tv é superestimulante...
A rotina do sono que a encantadora ensina; Comigo deu super certo.
E por a nenem pra dormir cedo.  Isso é tudo.  Todo mundo me dizia pra não deixar a crinça dormir muito de dia pra não trocar o dia pela noite e por a criança pra dormir tarde pra ela dormir bem.  Estou aprendendo que não é bem assim...  Pelo que tenho visto, se a Júlia tira boas sonecas durante o dia ela fica mais tranquila e dorme melhor a noite. Ela mesmo gosta de dormir cedo, geralmente não passa das 19hs. E acorda de 3 (ou um pouco mais) em 3 horas ,mama e logo adormece.  Mas se ao contrário, ela não tira boas sonecas de dia, fica bastante agitada e demora pra dormir a noite.
Outra coisa que deu certo foi a chupeta.  Eu acho feio criança com esse troço na boca. Para a Laís eu não dei,mas ela fez meu peito de chupeta.  Resolvi dar para a Jú e ela pega pra dormir (só ofereço se vejo que ela está com sono) as vezes também quando percebo que ela está meio irritada 'comendo as mãos', sei que é a necessidade de sugar  aí dou a chupeta.  Acalma logo.  Recomendo nessas duas cituações.
Nossa rotina: Por volta de 6:40 as 7hs, ela acorda pois é o horário que acordo a Laís pra ir a escola.  Nesse horário barulho é inevitável e ela acaba acordando junto com agente.
7:20 ela mama, Por volta das 8hs dorme novamente (dependendo do barulho, as vezes essa soneca dura de meia a 01hora ou mais). Depois disso, banho de sol.
 9:30 mama, já esta com sono de novo e tira soneca curta de meia hora.
Acorda, brinca,colinho, conversa com a mamãe..
11 hs11:30 mama e outra soneca, também curta. - dou banho se tiver muito calor.
Até as 14 :30hs mama de novo e tira outra soneca (dependendo do barulho, essa soneca ou é curta ou é de 1hora +ou-).
16hs banho,mama (desse horário até as 18:30hs tenho que estar com a Laís de banho tomado e de barriguinha cheia) . Então começo a rotina de sono da Jú.
18:30 troco a fralda, Júlia mama já no quarto quase escuro, daí não brinco nem converso com ela, ponho na cama (ela está dormindo comigo por que tem refluxo e eu tenho medo de deixa-la no berço por enquanto),dou a chupeta,as vezes balanço seu corpo com a mão e logo ela adormece.
Depois de 3 a 4 horas ela acorda pra mamada, mama e dorme.
Horários das mamadas noturnas geralmente são: 22:30  as 23:00.  01:30 as 2hs.  entre 4:30 as 5:30 da manha.

Pra conhecer o método da Tracy Hoggs  "A Encantadora de Bebês", resumidamente, eu recomendo esse Blog    http://encantadoradebebes.blogspot.com.br/

  No meu caso estou nessa etapa do método que é para bebês até os 3 meses:
http://encantadoradebebes.blogspot.com.br/search/label/Rec%C3%A9m-nascidos%20a%203%20meses


Minha filhotinha...


terça-feira, 26 de junho de 2012

A chegada da irmãzinha.. A adaptação da Laís...

Oí gente!  Um bom tempo sem postar pois estava sem PC .
Esses dias muitas coisas aconteceram, mas até aqui tudo bem, graças a Deus.
Desde de o nascimento da Jú o mais sério foi a internação dela por infecção urinária conforme eu já falei.
Daí até aqui foi mais a nossa adaptação. 
A Laís aceitou bem a irmanzinha,embora tenha tido uma grande mudança comportamental, o que é bem comum à chegada de um irmão para qualquer criança.
 Ela tem me dado bastante trabalho fazendo malcriação e se mostrando bem teimosa (como escorpiana que é).  a teimosia me mata!!!...  Eu falo Lais não faz isso...  Aí, ela faz.  Posso falar 10 vezes que naõ adianta.  Aí eu berro!  Só assim ela obedece. Foi o jeito que ela arrumou para chamar a atenção para si.  E pior que assim ela acaba conseguindo pois agente tem que estar o tempo todo de olho nela, tanto para sua proteção ,pois ela está muito agitada também, quanto para proteção da bebê, pois ela quer pegar, aperta o rostinho, as maõzinhas da Júlia com força...  Essas coisas... 
Uma coisa que me deixou bastante triste, foi o fato de não conseguir mais manter uma rotina noturna que eu e a Laís tínhamos.  Agente tomava banho, comia, ela escolhia um DVD de música ou desenho que quisesse, então deitava no meu colo, ou ficávamos só juntinhas assistindo.  Quando chegava a hora de dormir que era entre 19:30 as 20:00hs íamos para o quarto (ela sempre dormiu na cama comigo)agente deitava,  falava  com "Papai do Céu" , depois eu fazia massagem em suas costas e cantava musiquinhas pra ela dormir...  Ela pegava no sono rapidinho e tenho certeza que muito feliz...  Era um momento muito gostoso nosso.
Com o nascimento da Júlia, ficou complicado manter essa rotina.  Principalmente no primeiro mês, pois foi um chororô só, já que e menina teve problema de saúde tadinha... A Júlia me deu bastante trabalho para dormir pois sentia dor.  Nesse período foi impossível fazer essa rotina com a Laís e ela sentiu imensamente.
Passado esse tempo e a Jù curada, a Laís não quis mais que eu cantasse para ela e também não queria mais fazer a oração antes de dormir. Ela simplesmente falava que não queria, virava pro canto e dormia sozinha, como se estivesse chateada....  Uma criança de 3 anos e meio...  meu coração doía,mas não podia fazer nada já que a outra estava ali do lado resmungando e querendo mamar pra dormir também.
Outras atitudes da Lais foram;  Pedir pra não ir à escola (sendo que ela adora a escola),Fez coco na roupa 2 vezes e nas 2, ela fez e depois perguntou se podia fazer assim., Começou a roer as unhas (coisa que ela nunca tinha feito antes),pra chamar a atenção fez uma arte que eu fiquei bem braba; foi no banheiro e encheu o bumbum de creme de cabelo, e saiu gritando pela casa a fora "- Ai tá doendo! tá doendo!" -  Fiquei desesperada pois pensei que ela tinha se machucado ...  Outra foi que ela pegou a tesourinha da escola e cortou parte da frente do cabelo e ainda por cima escondeu embaixo da cama pra eu não ver...  Tive que cortar o outro lado e agora o cabelo dela não prende mais direito, e ficou com uma franja toda repicada...  tem mais coisas...   Tá bem difícil lidar  om essa fase...
O legal dessa história é que a Julia tem se mostrado uma criança tranquila.  É bastante dorminhoca e quase não chora .  Se a fralda estiver seca, ela estiver alimentada e sem dor, ela não incomoda.  Dorme sozinha, nem precisa ser ninada.É muito sorridente e não gosta de ficar sozinha.  Então foi fácil fazer uma rotina para ela.  Tem pouco mais de um mês que estou fazendo e tem dado certo,... Então agora acho que vou conseguir aos poucos fazer uma nova rotina com a Láis também, mas agora no seu novo quarto...Era pra eu ter feito isso antes da irmã nascer...  Mas agora já era..  (assunto do próximo post).
Então é isso as coisas estão indo..

terça-feira, 22 de maio de 2012

Quase 2 meses da Júlia... Como é ter o segundo filho...

Minha segunda filha não foi planejada.  Até aqui era tudo em funçaõ da Laís.  Então para mim está sendo um pouco complicado o início da "relação" com a Júlia.  Elá é bem diferente da Laís quando era bebê.  É muito temperamental, parece mais geniosa e sem paciência para nada (tudo tem que ser prontamente atendido senão ela abre o berreiro e fica muito irritada).  Laís nesse sentido era mais tranquila, quase não chorava e não era birrenta .
A Júlia teve logo no inicio de vida problema de saúde (a infecção urinaria ) por isso chorava muito no início.  Agora, bem, ela chora se não é atendida em suas exigências principalmente quando está com sono (só que isso acontece o dia inteiro pois ela é bebezinha e bebês dormem muito... ) então já viu se ela não dorme as sonecas dela, é chororô o dia inteiro... Mas a noite ela dorme bem, acordando duas vezes para mamar,ou  acorda se tiver refluxo(isso é oque tem atrapalhado o sono dela).
Ela mama só peito, está com 5 kg e 55cm isso na consulta com pediatra no dia 09/05, só dei LA (NAN) nos primeiros dias, por que meus seios estavam muito rachados, depois parei, pois não tenho paciência de ficar fazendo mamadeira (principalmente de madrugada).  Acho muito mais prático tirar os peitos pra fora e dar pro neném.
A Júlia está com refluxo.  Sei o que devo fazer pois a Laís também teve (mas não tanto quanto a irmã).  O refluxo da Jú está muito forte e vem atrapalhado o sono da minha pequena, ela acorda quase toda hora com o leitinho subindo pelo nariz e fica muito nervosa e chora bastante.  Como eu tenho muito leite, vou perguntar ao pediatra se não estou também com hiperlactação, já que meus seios espirram muito na hora da mamada e a Jú, sempre se engasga e muitas vezes briga com o peito.  As vezes tenho que interromper a mamada pois ela fica muito irritada se jogando pra trás e fazendo pirraça.  Se não faço assim ela chora tanto que não há nada que a faça párar.
Para o refluxo não interromper o sono noturno, ela está dormindo na cama comigo, e depois de mamar e arrotar eu deito ela com a cabecça apoiada sobre minha barriga e o corpinho na cama, assim ela não desperta com os engasgos. Só que eu acordo dolorida de ficar numa só posição quase a noite toda.
Com a chegada da irmãzinha, a Laís está dando trabalho,querendo chamar a atenção para si.  Ela tem feito malcriação,e não quer obedecer quando por exemplo mando ela ir pro banho,levantar para ir pra escola, lavar as mãozinhas...  Tudo ela responde mal.  Tento ser paciênte, mas quase todos os dias tenho que dar uns berros com ela e até já deis umas palmadas e pus pra pensar...  Essa parte tem me tirado do sério.
Em relação ao comportamento dela, eu consigo entender, pois minha mãe conta que eu fiquei de mal com meus pais quando minha irmã mais nova nasceu (agente brigava muito quando criança e até a adolescencia) por isso tenho medo de errar com a Laís e fazer ela se sentir de lado e ter raiva da irmã.
Quanto a casa tá tudo muito bagunçado e não consigo estabelecer uma rotina.  Até aqui tive ajuda das minhas irmãs e da minha mãe.  Elas vieram de outra cidade pra me ajudar, mas como não moram perto, a partir de agora sei que vou ter que me virar sozinha.
Estou contando com Deus para me dar muita paciência e força para conseguir levar bem essa nova faze...
Só espero conseguir dar muito amor para minhas filhas e conseguir ser uma boa mãe... Pois perfeita sei que não sou...

Fotinhas da famíla...

Eu, Laís,Edmilson e Julinha...

  1. 
  2. 
    As crianças com a vovó...
    
  3. 

Láis com papai...

domingo, 20 de maio de 2012

Os primeiros dias da Júlia em casa...

Gente... muitos dias sem postar nada!! O PC estava ruim e depois foi a internet que deu pau...  Tudo culpa do Edmilson que não faz nada direito se eu não estiver no comando....  Sabe como é homem,eu de resguardo e as coisas básicas como pagar as contas,fazer mercado ,tudo ficou meio bagunçado, tirando a limpeza da casa e a comida que ficou por conta da minha irmã Dri...
A Jú nasceu dia 020/04/12 e dois dias depois tivemos alta, parecia estar tudo bem. 
Eu tive um pós parto ruim porque antes de sair do hospital, depois de já  estar andando bem da cesária, consegui me engasgar bebendo água.  Pode isso?! 
O fato é que senti dores horríveis e mal conseguia andar depois, pois parecia que estava tudo aberto dentro de mim.  E em casa consegui me engasgar novamente bebendo água... Que dor
Também senti uma dor nas costas dos infernos, por causa do calibre da agulha da anestesia (pois é, mas uma vez o buraco da anestesia foi grande demais!) Que dor!  Foram horas e horas de compressas de agua morna pra aliviar a dor. Eu andava curvada de tanto que doia por 2 dias...
E pra terminar; meus seios racharam.  Não preciso nem dizer, ´quem já teve o bico do peito rachado sabe a dor que é!...
Muito chororo meu por causa dessas dores todas (chorei um bocado) e também muito choro da Júlia (essa não só chorava, berrava! ). Depois veio o pior....
 No dia 14/04, minha filha com 12 dias de vida, simplesmente passou o dia inteiro quietinha e dormindo e eu quem tinha que acordá-la para mamar. Quando resolvi estranhar o fato, já era tarde, pois ela estava com febre. Corremos para o hospital e lá o médico disse que ela teria que ficar internada pois parecia estar com um quadro de infecção.
Foram 7 dias de internação por causa de infecção urinária, consequentes da minha bolsa rota (pois é, como estava perdendo liquido aminótico sem saber, a Júlia ficou desprotegida dentro do útero e teve contato com as bactérias da infecção urinária que estava começando em mim, se contaminando também). 
Esses dias de internação foram muito difíceis para mim e parte do resguardo da cesária foram embora. E foi muito sofrimento para a Júlia, pois ela teve que tomar muitos antibióticos (todos injetáveis)e todo dia era furada para tomar medicamentos.  Depois foram mais 3 dias de medicação injetável em casa e antibiótico via oral.
15 dias depois estava tudo bem graças a Deus, mas foi muito sofrimento.
Já temos muto para contar, só que precisamos de tempo...
A Jú, eu  e a família estamos bem, e todos estamos nos adaptando a nova moradora, inclusive a Laís que está dando um pouco de trabalho por ciúmes da irmãzinha...

Algumas fotos da minha pequena...


o umbiguinho caiu com 6 dias...


aqui a Julinha   no hospital..


no dia das mães...

19/04/12


sábado, 7 de abril de 2012

A Júlia nasceu!!!! 02/04/12-

41 semanas pelo DUM, 42 semanas pelas ultras.
Madrugada de domingo para segunda (02/04), eu não consigo dormir por causa novamente de muitas contrações  de 10 em 10 min e doloridas.  Tomei um banho quente e 1 comprimido de Buscopan  e tentei dormir, mas as dores não deixavam. E foi assim até quase 4 hs da manhã.
As contrações não evoluíram de intervalo nem de dor.  Eram na parte do baixo ventre para as costas ou ao contrário.  Mas depois desse horário foram diminuindo até eu pegar no sono e acordar as 7 hs e 10, atrasada para levar a Laís para a escola.
Eu estava bem, sem dor nenhuma.
Resolvemos que íamos fazer uma ultra para ver se estava tudo bem com a Júlia.  Ela estava se mexendo normalmente pelo que percebi.
Depois de deixar a Laís na escola, o Edmílson voltou para me buscar e fomos fazer a ultra.
Como não tinha nada agendado tive que esperar um encaixe que demorou pra caramba , e eu ,agoniada.
Ao entrar na sala e mostrar os resultados anteriores para a dr Juliana e explicar o que estava acontecendo ela ficou indignada.  E disse que a história do médico não tinha nada a ver, com posição do útero e que se ele quisesse tinha feito  a cesária pois as ultras indicavam 42 semanas. Fez um doppler mas logo constatou que não tinha nem muito o que ver pois eu estava sem liquido amniótico quase nenhum (ILA 18mm) e pelos resultados já estava com 42 semanas e um 1 dia de gestação. A placenta estava com grau II. 
Era para eu ir imediatamente para o hospital.
Assim eu fiz. Primeiro procuramos saber quem estava de plantão.  Pra minha sorte era o dr Gustavo  GO que eu me consultava para fazer exame preventivo, e dr Vagner que fez o parto da Laís.Isso já era 1 da tarde.
Passamos no supermercado para comprar o ovo de Páscoa da Lais, que seria o incentivo para ela ficar bem na minha ausência).
Fomos para casa tomei banho, comi um pedacinho de frango com meio copinho de suco (pois estava varada de fome), mesmo sabendo que deveria estar em jejum.  Pegamos nossas malinhas e fomos para o hospital. Já era 3 hs da tarde.
Chegando lá fiz a ficha na recepção, dei um beijo na minha filhota e subi.
Fiz a triagem com a enfermeira e depois passei pela obstetra expliquei o que estava sentindo e mostrei a ultra, ela fez um toque e meu útero estava do mesmo jeito, alto, grosso, fechado, mas ela me internaria por causa do liquido. (ai dela se não me internasse!).
Me mandaram tomar outro banho para tirar a poeira da rua, verificaram se estava depilada, coloquei  o robe , colheram sangue para fazer exames, e colocaram o acesso para o soro..
Daí já me puseram na maca, com a touquinha e o sapatinho e seguimos para o centro cirúrgico, onde colocam toda aquela parafernagem de pressão, , etc,.  Me mandaram sentar e aplicaram a praga da raquianestesia....
Daí foi deitar rapidamente e começou o sofrimento, pois logo comecei a tremer , a não conseguir respirar direito, um suplício...
Logo senti um repuxo quase perto do meu ombro direito e ouvi o chorinho da Júlia!!! A pediatra pegou ela rapidamente e ela fez coco (foi só tempo de tirar da barriga, mais um pouquinho faria coco dentro do útero).  Só ouvi falarem _ nossa que bebezão!!!-
E eu tremendo na maca!! Queria saber dela mas nem conseguia respirar.
Trouxeram ela para mim  e ela mamou...  (e eu tentando respirar...)
Depois que terminou a cirurgia fomos para o quarto e eu fiquei tremendo por mais umas 2 hs, como se estivesse com o corpo todo gelado.  Até passar o efeito da anestesia.
Júlia nasceu as 16hs e 31 min, do dia 02/04/12, com 4020kg, 52cm, apgar 9/9.

Obrigada senhor por tuas bençãos!!!!!!!!!!
Primeiras fotinhas da Jú...




sábado, 31 de março de 2012

Posdatismo. Só stress no fim da minha gestação...


Essa semana foi complicada.
Muitas contrações, cólicas, cansaço extremo e nada de entrar em trabalho de parto
Fiz todo o pré natal direitinho, esse ultimo mês de gravidez fiz de tudo para chegar bem nas últimas semanas, mas não tive sorte.
Hoje estou com 40 semanas e 5 dias segundo a a ultima menstruação e pelas ultras estaria com 42 semanas.   O médico que fez meu pré natal, me deu um encaminhamento para internação para interromper a gestação.
O diagnóstico segundo ele é de que estou com pós datismo, meu útero não desceu,estou com o colo fechado e duro,  minha bebê está flutuando ainda., e já tenho histórico de cesariana por pós data (Laís nasceu de 41 semanas e 2 dias). 
Enfim, hoje fui a ao hospital e o médico plantonista me examinou e novamente o mesmo diagnóstico.  Isso depois de ter passado a madrugada toda tendo contrações doloridas de 10 em 10 minutos, que depois de 4 hs simplesmente sumiram, depois de um banho quente.
Não evoluiu o TP e só fiquei com cólicas, o médico não quis me internar e disse que se ele fisesse uma cesariana com meu útero em cima do jeito que está seria perigoso, pois eu poderia correr o risco de depois ele não contrair e disse que teria que fazer o corte e enfiar as duas mãos dentro do útero, fazendo uma manobra complicada para puxar a Júlia, pois como ela ainda está flutuando está numa posição complicada para o parto.  Enfim, cheguei a ficar assustada.  Mas pelo menos achei ele sincero (era um senhor com 32 anos de obstetrícia, e como ele disse, não me colocaria em risco a toa).
Ele explicou que como não tive sangramento, nem perda de liquido e a Júlia está bem,  o correto nesse momento é esperar um pouco mais para ver se essas contrações que estou tendo façam o colo abaixar.  Podemos chegar até as 42 semanas pela DUM.
Na terça-feira, devo voltar ao hospital (se o parto não evoluir antes)para ver como estou.  Se nada acontecer  na quinta -feira vou no plantão desse médico e ele falou que então faz a cesária (por causa da diferença de uma semana  pela DPP da ultra).
Resumindo, só sufoco.  Já chorei, estou triste, mas confiante que vai dar tudo certo.  Na verdade não estou preocupada comigo, mas com a Júlia.  Mas tenho fé que está tudo bem com ela.
Por favor orem por mim...

O que li sobre PÓSDATISMO:

http://www.misodor.com/GEPROL.html

sexta-feira, 23 de março de 2012

EDITADO - Meu (Falso) início de Trabalho de parto

Ontem a noite, estava bastante cansada e resolvi dormir cedo, as 21:30 já estava na cama e logo adormeci.
Quando foi 23:20hs acordei sentindo uma pontada na barriga seguida de uma dor forte.  Era uma contração...
A Júlia ficou bastante agitada depois que a dor passou.  Fiquei tranquila pois não foi a primeira vez que isso tinha acontecido e como foi virada da lua, dizem que mexe mesmo com a grávida.
O fato é que tive outras contrações até as 2hs da manhã, quando vencida pelo cansaço, peguei no sono e apaguei até ser acordada pela Laís as 5:20 hs da manhã...
Daí desde as 7 hs  até as 15hs da tarde, estou esperando as contrações se intensificarem e se estabilizarem, para então poder entrar enfim em TP, mas não está acontecendo.
Fui ao hospital, o médico fez um toque e me disse que o colo do útero está fino , porém fechado e a Julinha está lá em cima flutuando...
Cheguei em casa quase 18hs e as contrações continuam.  Fui ao banheiro e quando olhei minha calcinha estava lá o tampão começou a sair, e tinha um pouco de sangue.
Agora são 19:30hs as contrações continuam sem ritmo, não muito doloridas e pelo visto nada vai acontecer mais hoje... 
Continuo esperando....  Com mulheres que não são parideiras é assim mesmo.

25/03/12
O TP não evoluiu mesmo.
Ontem passei o dia inteiro perdendo o tampão e saia junto um pouquinho de sangue, mas contrações nem tive mais,.  Só precisei tomar um comprimido de Buscopan, porque tive um pouquinho de cólica.  Fora isso nada...
Hoje estou me sentindo cansada, porque não dormi quase nada, pois está muito complicado ficar trocando de lado, a barriga não se acomoda de forma nenhuma.  Bem cansativo mesmo chegar as 41 semanas...
Até agora 14:30  não senti nada de anormal, só pela manhã uma leve cólica, mas nem tomei remédio.  E o tampão parece ter saído todo, pois não sujou mais a calcinha.
Então é isso....  Continuo esperando... 
Amanhã se nada acontecer, tenho consulta pré natal marcada para 13:30hs..
Vamos ver o que vai acontecer...

quinta-feira, 22 de março de 2012

40 semanas de gestação...

Chegamos na reta final, hoje estamos com 40 semanas e 3 dias.
A lua virou, e eu estou aqui, esperando a Júlia dar o ar da graça, mas parece que ela não está nem um pouco afim...
A única coisa que senti foi uma cólica fraquinha durante a madrugada, mas nada. 
Continuo super bem disposta, apesar de estar um pouco gripada.
A Dri, minha irmã mais velha, veio de Teresópolis, para ficar comigo no hospital e até eu me recuperar do parto.  É muito bom poder ter alguém ao lado nessas horas pois com ela por perto já me sinto mais tranquila.
Laís está super ansiosa para a chegada da irmanzinha, e pergunta se é hoje que eu vou no médico pra ele tirar ela de dentro da barriga...  Uma graça...
Então é isso...  Continuo aqui esperando...
Dr Robson falou que se ela não nascer até a próxima segunda-feira ele me encaminha para a internação para induzir o parto normal (coisa que acho improvavel pois a Júlia está bem em cima flutuando ainda..) ou fazer cesária. 
Vamos aguardar...

domingo, 18 de março de 2012

O final da gravidez... contrações de trabalho de parto... Ou falsas contrações de TP.

Esses últimos dias de grávida tem sido um sufoco!!  Aliás, últimos dias não, ultimas noites...
Essa semana eu acordei 2 noites com contrações e nada de entrar em TP. 
Ontem foi sinistro.  Depois de um dia daqueles de minhas faxinas (pois é não consigo parar de arrumar a casa, as coisas), eu fui dormir super cansada e as 23hs acordei com uma baita contração.  Foi bem dolorida (tanto que me acordou) . Fiquei ali quietinha esperando a próxima e alguns minutos depois ela veio, menos forte mas, mais demorada,  continuei esperando a proxima que só veio uns 20 minutos depois mas sem dor.
Dai veio mais duas sem dor com intervalos de 5 e 10 minutos e depois uma dolorida, 
Sei que contei 5 contrações doloridas e umas 3 a 4 sem dor no espaço de 2 hs e meia .
A partir disso não senti mais nada e acabei pegando no sono de novo. 
As 5 da manhã, acordei novamente com uma colicasinha e tive algumas contrações sem dor , mas que endureciam muito a barriga.  Duraram coisa de 10 minutos eram bem curtinhas.  Tive umas 3 vezes.
Hoje passei bem o domingo.  Não senti nada até agora e a Júlia está mexendo bem pouquinho...
Pelo que li, o que senti é chamado de falso trabalho de parto.

Acho que essas serão as últimas fotinhas que tiro grávida...
Esse é o quartinho das minhas filhotinhas...
39 semanas e 6 dias de gravidez...

minha barriga pontuda....




bercinho da Júlia que eu não aguentei e já arrumei...


Laís, Julinha na barriga e mamãe...

quinta-feira, 15 de março de 2012

Como acontece o trabalho de parto normal....

Meu primeiro trabalho de parto a 3 anos atrás, começou durante a madrugada, quando senti as primeiras contrações.  7 hs depois disso já no hospital e com apenas 2cm de dilatação, o  GO induziu com a Ocitocina . Mais de 5 hs depois,(12hs de TP)  sem evolução da dilatação e como já estava com pós datismo, o parto acabou sendo cesariana.
Bem...  Agora não sei como será, já que dizem que nenhum parto é como o outro...  Por isso agora estou me preparando psicologicamente para um parto normal (como não sei o que vou sentir, estou muito apreensiva..). 

Vou compartilhar um pouco do que li sobre o parto normal:

*Tipos de parto normal
http://adeledoula.blogspot.com/2011/10/tipos-de-parto-o-parto-normal.html

*Site Brasil baby center em - Os estágios do trabalho de parto
http://brasil.babycenter.com/pregnancy/parto/estagios-parto/

*Tecnicas de respiração para o trabalho de parto
http://brasil.babycenter.com/pregnancy/parto/tecnicas-respiracao/

* Artigo do blog da doula Adele em -  Antes do período expulsivo devo fazer força?
http://adeledoula.blogspot.com/2012/02/parto-quando-se-deve-fazer-forca.html

*Blog da doula Adele em - Os quatro grandes mitos da dilatação
http://adeledoula.blogspot.com/2012/02/os-quatro-grandes-mitos-da-dilatacao-no.html







terça-feira, 13 de março de 2012

Ta chegando a hora!!! Início das 39 semanas de gestação

Hoje inicio as 39 semanas de gestação.  Não tem outro jeito, o medo do parto toma conta.  Se eu estivesse com uma cesária marcada talvez estaria somente ansiosa, mas não é meu caso.  Saber que posso encarar um parto normal me assusta, pois tenho medo da dor.
Os dias parecem que não passam.  Eu limpo, arrumo, organizo...  Tudo para ocupar o tempo e não pensar no que vem pela frente.  Estou tentando manter a calma e o equilíbrio, mas confesso...  é difícil!!!!!!! 
Cada cutucada mais forte que a Júlia resolveu, com toda sua força retomar, me deixa em alerta:  VAI ENCAIXAR!!!  Mas depois eu consigo sentir que não foi dessa vez....  Isso é angustiante...
Segundo a famosa contagem das fazes da lua, eu teria bebê na virada da lua nova ( contando 9 luas  do periodo em que engravidei).  A virada da lua nova é dia 22/03.  Minha DPP vai até dia 27 quando inicio as 41 semanas.  É muita espera....

O que pode anteceder ao trabalho de parto:
Os sinais de que seu bebê vai nascer

A gravidez dura 280 dias ou 40 semanas, de acordo com os médicos, e nove meses na contagem das mães, mas na verdade todos estes cálculos são aproximados, pois ninguém sabe precisar o dia em que o bebê vai nascer.

A única coisa que os especialistas garantem é que a partir da 37ª semana de gravidez o bebê está pronto para vir ao mundo, mas o parto pode acontecer até a 42ª semana. Qualquer data dentro deste intervalo é considerada absolutamente normal.

Na hora de avaliar se o seu bebê está chegando, seu obstetra não vai se prender somente a matemática – o que mais vai importar são os sinais emitidos pelo seu corpo, os quais precisam ser muito bem interpretados.

As principais pistas de que o seu bebê vai nascer são:

Perda do tampão: O tampão é uma camada de muco que fecha a entrada do colo do útero, a fim de proteger o seu bebê das bactérias que habitam a vagina. O tampão pode sair de uma vez, como uma rolha durinha, ou aos poucos, causando aumento da secreção vaginal, que se torna mais viscosa e pegajosa, com linhas amareladas e às vezes com um pouco de sangue.

Encaixe da cabeça do bebê: talvez você consiga sentir duas alterações sugestivas de que o seu bebê se encaixou na bacia. A barriga pesa mais à medida que seu centro de gravidade se desvia, o que pode fazê-la perder o equilíbrio. Além disso, fica mais fácil você respirar, porque o útero já não pressiona tanto o diafragma. Esta é a boa notícia. Por outro lado, o útero pressiona mais a bexiga, fazendo você ter de correr ao banheiro a todo instante para fazer xixi. De modo geral, o parto acontece 15 dias depois da data em que a cabeça do bebê se encaixou, mas isso geralmente vale para o primeiro filho. Do segundo em diante, o encaixe pode ocorrer até mesmo no dia do nascimento;

Gotas de sangue: pequenas manchas na calcinha são normais. Como o colo do útero está muito inchado e sob pressão contínua da cabeça do seu bebê, esforços físicos, como tosse e relações sexuais, podem provocar o rompimento de alguns vasinhos, sem maiores consequências. Mas se houver sangramento parecido com a menstruação, você deve ir logo para a maternidade;

Rompimento da bolsa: quando um líquido claro semelhante a água sanitária e às vezes com grânulos brancos (como água-de-coco) escorrer pelas suas pernas, significa que a bolsa de líquido amniótico se rompeu. Isso indica que o trabalho de parto está no inicio, por isso você deve ir para a maternidade. Mas não precisa se apavorar, pois dá tempo de ligar para o seu médico e tomar um banho. Apenas se apresse se o líquido tiver cor amarelada ou esverdeada, pois isso indica a presença de fezes do bebê, e ele pode estar em apuros.

Contrações: seu corpo começa a se preparar para o parto desde a 23ª semana de gestação. O útero se enrijece, dando origem às contrações Braxton-Hicks, que são treinamentos que o útero faz como uma preparação para o parto. Até o sétimo mês elas têm intensidade leve e indolor, mas depois tendem a ficar mais frequentes e intensas provocando os famosos alarmes falsos.
As contrações do trabalho de parto são regulares, endurecem toda a barriga e costumam vir acompanhadas de dor, evoluindo até tornarem-se mais fortes e ocorrendo em intervalos cada vez menores. Considera-se início de trabalho de parto quando há pelo menos duas contrações regulares no intervalo de 10 minutos;

Dilatação: em algumas mulheres, o colo do útero começa a abrir 1 ou 2 centímetros no fim da gravidez. Em outras, isso acontece apenas durante o trabalho de parto. Portanto, só a dilatação não significa que seu bebê está preste a nascer. Seu obstetra precisa avaliar outros parâmetros, como a altura da cabeça do bebê, a presença de contrações ritmadas, a espessura e o amolecimento do colo do útero.


Fonte: Site Planeta Bebê  - trecho da matéria  tá na hora, sinais de que o bebê vai nascer







sexta-feira, 9 de março de 2012

Ultimos preparativos.... Tudo arrumado!! Inclusive barba, cabelo e "bigode"

Estamos quase no final das 38 semanas.  Continuo a mil por hora....  Essa semanas não senti quase nada.  A insônia deu uma moderada e não passei noites a fio sem dormir.  Despertava algumas vezes, ficava um tempo acordada e logo dormia novamente.  Isso contando com as vezes que levantava para fazer xixi.  Bom, melhor assim do que ficar 2 ,4 horas acordada em plena madrugada depois de um dia exaustivo...
A Júlia quase não mexeu esses dias.Ficou foi bem tranquila. Acho que ela acordava, se esticava um pouquinho e dormia de novo..  As vezes tinha soluço...  Só sei que ela desistiu de tentar encaixar.   Pelo menos por enquanto...
Não senti cólicas nem muita dor nos ossos da pelve.
Como disse, foi uma semana tranquila...
Já arrumei tudo o que tinha que arrumar.  Minha casa está em ordem (na medida do possível), mesmo com a bagunça que a Laís insiste em fazer.   Ela espalha todos os brinquedos pela casa, come biscoito no tapete, quer fazer ponta nos lápis e suja tudo, rasga papel pra colar...  Enfim, coisa que quem tem filho pequeno sabe como é...  Agente limpa, eles vem e bagunçam e sujam tudo....  Não tem como controlar 100%  pra que fique tudo bonitinho...
Essa semana foi de volta ás aulas para a Laís.  Como ela já estava super adaptada a escolinha foi super tranquilo.  Chegava em casa bastante cansada e dormia a tarde, depois brincava e queria dormir cedo, o que foi ótimo para mim...  Ela adora a escola, se diverte, aprende. e gasta energia com coisas boas. Em casa ela não tinha muito o que fazer e cobrava muito atenção...  O que acaba cansando e a gente tem que se descabelar pra arranjar atividades para nossos pequenos, isso em meio a ter que arrumar a casa, fazer almoço.. Etc, Etc...  Estava doida para que acabassem logo as férias... kkkk!

Esses dias tirei tempo para cuidar de mim.  Fui a manicure, fiz pé e mão, Depilei a sobrancelha e pasmem, depois de muita pilha das moças do salão de beleza,  resolvi fazer depilação íntima com cera quente...
Caraca!!  Nunca pensei que teria coragem, pois sou  o medo em pessoa, mas...  Sou libriana e quando a alto estima  bate,sou vaidosa....
Tomei coragem e fiz!!!  A depiladora foi bem legal comigo,  super paciente e muito rápida.  as puxadas eram tão rápidas que em 10 minutos ela já tinha terminado tudo....  E olha que é tudo mesmo... Frente, trás...  Fiquei peladinha kkk!!
Dói pra caramba, mas é uma dor bem suportável, achei que seria pior por estar grávida.  Mas deu pra levar tranquilamente.
O problema foi no dia seguinte...  Me deu foliculite, e fiquei cheia de bolinhas...  Não tava aguentando nem andar direito. Eu fiz a depilação com cera quente porque com gilete estava me inflamando tudo também,, Acabou que não adiantou nada.  Pele de grávida fica muito sensível, os cuidados tem que ser redobrados.  Não sei se foi suor por causa desse calorão que não dá uma trégua...  Se foi alergia...  Quanto a higiene do local onde fiz parecia tudo ok o antes e o depois.
Eu sei que estou passando água oxigenada, álcool a 70%, pra limpeza do local. Coloquei maisena pra substituir o talco que me foi indicado, e estou colocando pomada de nistatina com oxido de zinco. O certo seria passar uma pomada com corticóide, mas tenho medo que faça mal pra neném..  Eu to fazendo mais ou menos como faço com a irritação da gilete, mas como foi depilação total, fiquei muito mais empolada né... Aí é que tá o problema...  Hoje já está bem melhor.  Estou mantendo a "área " bem limpa e "arejada"..
Só estou pedindo a Deus pra não entrar em trabalho de parto até "minhas partes"  ficar totalmente reestabelecida...  Poxa vida...  Fiquei tão orgulhosa da minha coragem e no final a "bichinha" fica toda empolada...  Sacanagem!!!
Mas sério.  Eu estou preocupada de verdade. Se a Júlia resolver nascer agora, será que tem problema por causa da foliculite?!  Tá bem dolorido lá embaixo, se fosse pra ter um parto normal agora eu estaria ferrada!!!  A região ali da cicatriz da minha cesária não ficou muito empolada não.... Pelo menos isso...
Consulta com o médico só na segunda-feira...  Aí meu Deus me ajuda a melhorar logo!!!!!!!!!!!

terça-feira, 6 de março de 2012

Ínício das 38 semanas de gestação...

Chegamos aqui...   Bem disposta, mesmo dormindo 5, 6 hs por noite  (achei que a insônia ia dar uma trégua, mas não deu....) . Feito uma  louca querendo tudo limpo, no lugar. Arrumando a casa, as coisas...  Nem sei de onde saiu tanta disposição!
Com as mão e pés enormes de inchadas  a tal ponto,  da mão direita principalmente, e não sei porque, inchar mais que a outra, formigar e ficar dormente várias vezes de dia e de noite.  Eu acordo várias vezes durante a madrugada com as mãos queimando , formigando e dormente  de tão inchada que fica.  Segundo meu médico, é normal e é devido ao edema....
O ideal sei, seria fazer repouso, mas essa palavra está fora da minha realidade gravídica.    Como disse, quero que esteja tudo certo para na hora que entrar em trabalho de parto, não tenha que me preocupar com nada, a não ser com minha filha Laís, que eu vou ter que ficar longe enquanto estiver no hospital (essa parte me dói.  Se eu pudesse levaria ela junto comigo...Aiai).

Amanhã pretendo cuidar um pouquinho de mim.
Vou a manicure e também quero fazer a sobrancelha e cuidar um pouco da pele do rosto.  Meu cabelo não tem jeito.  Na hora de ir pra maternidade é banho e bastante condicionador pra abaixar a coisa... Eu estava com vontade de fazer escova e chapinha, mas com esse calor do cão , não tem como manter um cabelo escovado não...
Bem...  Quanto  a Júlia , deu um tempo nas suas tentativas de encaixar.  Mas mesmo assim ainda me dá umas pontadas nas "minhas partes"...  Mexeu pouco esses dias.  Deve estar bem apertado lá dentro...
Coisa chata foi a minha gengiva, inflamou um pouco e cheguei a sentir dor em todos os dentes, a sensação é de que estavam todos moles e bem doloridos.  Tive que tomar analgésico pra aliviar....
Então é isso... 

 Foto feia que tirei dos meus pés feios de enormes, que não cabem mais no chinelo...

domingo, 4 de março de 2012

As últimas semanas de gravidez... A síndrome do ninho arrumado.... E o medo do parto.

Amanhã inicio a  38 semanas de gestação.  Consegui arrumar todo o enxoval a tempo, limpar tudo e deixar tudo em ordem.  Já fiz as compras de mercado, a minha casa está quase toda limpa (falta dar uma faxina no banheiro e terminar a limpeza da cozinha. As roupas da família estão todas em dia lavadas e passadas conforme estão sendo usadas para não ficar nada acumulado depois. 
Enfim, acho que o meu "ninho" está quase pronto.
Eu me sinto tipo uma "passarinha" que voa de um lado para o outro com aqueles raminhos para construir seu ninho.  É assim mesmo.  Eu quero tudo no lugar direitinho, bem arrumadinho e seguro para colocar minhas filhotinhas...  E não descanso!  Só vou para o hospital quando estiver tudo arrumado...  (Até parece... kkk!!!)
Na última terça-feira  passei mal.  Acordei a meia-noite com contrações de Braxton Hicks .As minhas um cado doloridas pois, estava com um pouco de cólica e o útero empurrava a Júlia com força para baixo, como mandando ela encaixar.   Cheguei a chorar, de nervoso e medo de está entrando em trabalho de parto, mas depois de alguns minutos e várias contrações muito irregulares,  resolvi tomar um banho e me deitei do lado esquerdo.   Logo depois, o  desconforto passou, embora a bebê tenha ficado bem agitada . Ela passou mais de 1 hora acordada se mexendo e me chutando.
Estou tomando Buscopan de 6 em 6 horas.  Continuo tendo uma colicasinha enjoada e a Júlia tentando encaixar.  Posso sentir a cabecinha dela, bem em cima da pelve, mas sei que ela não encaixou, pois depois ela mexe e sinto a cabeça mas do lado em direção a minha perna.
Ela só mexe agora em direção as minhas "partes" .É cada espetada lá em baixo que dói bastante, principalmente quando estou andando.  Tenho que parar e respirar fundo as vezes.
Se pra encaixar é assim, fico só imaginando como é sair o bebê de dentro da gente...  Ai meu Deus ... Deve doer pra caramba!!!!!!!   E pensar que eu posso passar por isso me assusta....   Confesso que estou com medo!!!  Eu sou medrosa e não gosto de sentir dor. 
Vejo essas mulheres que fazem tatuagem ,colocam piercing...  Nunca que teria coragem de fazer porque imagino a dor.  Até depilação com cera...  Meu sonho era ficar sem pelo nenhum, depilar o corpo todo ou pelo menos as partes principais, mas eu não aguento a dor... Já tentei ser adepta da cera quente mas não deu.   Uso descolorante, creme depilatório e aparelho de barbear mesmo...  Tudo por que não sou nada tolerante a dor..  Uma vergonha, confesso...
Eu já fiz uma cesária e posso garantir que só não dói na hora do parto, mas o pós operatório é dolorido, principalmente nos 2 primeiros dias.  Levantar da cama dói, pra andar dói, se der gases, aí que dói mesmo.  Depende de pessoa pra pessoa, a minha cesária doeu bastante até uns 4 dias depois. Isso falando só do corte .  Fora se der algum outro problema.
Já o parto normal eu não sei como é, mas todo mundo diz que dói só na hora, embora seja uma dor tenebrosa (ai meu Deus!!).   .
Meu medo é esse.  Não sei o que me espera..  Tenho medo da cesária por causa da anestesia, pois tive uma experiência péssima no parto da Laís,  Já o parto normal, que todo mundo fala que dói para caramba, também me assusta  (fico me imaginando naquela maca, naquela posição horrorosa de pernas abertas aos berros parindo uma criança de 3 kg e sei lá quanto...  Não sei se sou mulher suficiente para isso...
Deus do céu o que me espera????

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

36 e inicio da 37 semana de gestação...

Nas minhas contas seguindo algumas calculadoras de sites da net, estaria hoje com 36 semanas de gravidez.  Mas, segundo meu médico e minhas ultras hoje inicio a 37 semanas, o que me deixou um pouco apreensiva.  O medo da aproximação do dia do parto já me vem a cabeça e devido a depressão que tive e a semana de Carnaval, estou com um monte de coisa pra fazer ainda e o cansaço atrapalha muito.
Falta acabar de lavar e passar as coisas pesadas do enxoval como kit berço, mantas e edredons e como aqui em casa tenho problema com poeira que vem da rua ainda não limpei o quarto, mas vou ver se faço isso ainda essa semana.
Do enxoval só está faltando a cadeira que não será de amamentação, mas sim uma de balanço dessas de vime tipo da vovó...  Depois que não amamentar mais poderei usa-la na minha sala ou na varanda. A que escolhi é muito charmosa e não parece coisa de velho....
Desde a semana passada a Júlia resolvel que vai se enfiar nas "minhas entranhas"!...
Pois é. Eu consigo senti a cabecinha dela sendo precionada contra "Minhas partes íntimas" e posso afirmar que não é nada bom.  É como uma agulhada, pontadas fortes bem lá na perereca e dói.  Acontece quase toda vez que me levanto e começo a andar.  Teve momentos que cheguei a mancar porque incomoda pra caramba!...
Como na gestação da Laís ela não encaixou,  eu não sabia que era assim e me assustei na primeira cutucada. 
Sei que com isso corri e comprei tudo o que estava faltando para mim e minha bebê e as nossas malas estão prontas caso aconteça algo inesperado...
Fui a consulta pré natal hoje e está tudo bem.
Hoje pela manhã minha pressão caiu e me senti muito mal, ela chegou a 9x4.
Minhas mãos e pés estão inchados e perguntei ao médico se era normal sentir dormência nas mãos e ele disse que é por causa do inchaço.  Para as pontadas da Júlia ele me receitou Buscopan de 6 em 6 horas.
Estou pesando 64 kg (até aqui, engordei 14kg),  segundo a ultra que fiz dia 13/02, a placenta está com granum II e o liquido aminótico está em nível normal.  A ultra foi uma Dopplerfluxometria e pelo resultado está tudo ok com a Júlia, seu peso estimado é de 2730kg (no dia ela estava com 35 semanas).

Eis um trecho da ultra com o rostinho dela em 3D...



37 semanas, 110cm de barriga,33cm a altura uterina...

Os efeitos da Raquianestesia no parto da Laís (Relato do Parto- Novembro de 2008)

No dia 13 de Novembro de 2008, nasceu a minha pequena Laís. Do dia do parto ficou a lembrança da primeira vez que vi aquele rostinho.. das bochechas rosadinhas!... E o terrível pós operatório de uma cesária. Minha filha veio ao mundo com pós datismo, de 41 semanas e 2 dias, depois de uma indução de parto de 6 horas com ocitocina, sem evolução. Ao nascer teve que ser aspirada e teve uma nota (apgar) 3, nos primeiro minutos de vida. Ou seja, entrou em sofrimento fetal, por ter respirado liquido aminiótico. Mas, graças a Deus, logo veio para meus braços, um pouco sufocadinha, mas bem. Eu, logo após a cirurgia, fiquei prostrada, de tanta dor de cabeça que sentia. Parecia que aquela porcaria da tal anestesia "raqui" tinhas subido para meu cérebro!. Passei muito mal. Na mesa,enquanto o médico fazia o parto, eu debatia meus braços incontrolavelmente, além de sentir um pouco de falta de ar. E fiquei tremendo até a anestesia passar, tremia igual vara verde! Eu fiquei tão mal que não consegui amamentar a Laís no primeiro dia.Eu sei que apaguei. E só me lembro de sentir muita dor. No segundo dia de internação eu e minha bebê fomos examinadas. Parecia estar todo bem, embora eu ainda sentisse dor de cabeça, tivemos alta. Já em casa, de noite ao dormi,senti algo queimando na minhas costas e subindo até o pescoço, não dei importância e peguei no sono. Foi aí que começaram uma série de pesadelos e vertigens assombrosos. Eu via pessoas de minha família como se fossem minhocas,outra hora rodava numa corda e era atirada contra paredes num lugar estranho cheio de montanhas. Via seres bisarros que me faziam previsões sinistras (como dizer que eu não poderia ficar com minha bebê). E quando tentava acordar via como se o teto estivesse descendo sobre mim. e via insetos voando pelo quarto. Enfim... Chorava muito e confeço que fiquei com medo de ter problemas por causa do efeitos colaterais da Raqui em meu organismo. Fiquei com medo de ficar louca. Ouvia choro de bebê toda vez que ia tomar banho, e ficava apavorada. Perguntava ao meu marido se a Laís estava chorando e não havia choro algum, era todo coisa da minha mente. E aquela dor de cabeça infernal que nenhum remédio passava... Orava muito e pedia a Deus que não acontecesse nada de ruim comigo, e em 3 dias fui melhorando. Os pesadelos acabaram. E a Dor já não era tanta. Não bastasse isso também tive problemas para amamentar minha filha, eu não sabia como fazer direito, agente não se entendia e ela chorava de fome tadinha... E o meu leite empedrava a toa. E com isso vinha a febre. Foi um sufoco meus primeiros dias como mãe... Mas é um sentimento, um instinto tão forte, que nenhum desses problemas que tive me afastaram da minha filha. Eu com febre, com dor, tendo alucinações e mesmo assim o amor era tão forte que não deixava a mente ser mais forte que eu. E assim os dias foram passando e tudo foi se ajeitando. Apesar de tudo de ruim que passei, a alegria de ser mãe, de saber que aquele pedacinho de gente saiu de dentro de mim, de saber que a minha filha naquele momento olhava para mim e parecia me dizer; mamãe, nesse momento eu só preciso de seu carinho e de seu cuidado!... Isso e somente isso me importavam. Agora eu sou mãe!!!!













SOBRE A ANESTESIA USADA NO MEU PARTO: A RAQUIANESTESIA Denomina-se raquianestesia ( bloqueio subaracnóideo ) a anestesia que resulta da deposição de um anestésico local dentro do espaço subaracnoídeo. Ocorre bloqueio nervoso reversível das raízes anteriores e posteriores, dos gânglios das raízes posteriores e de partes da medula, advindo perda da atividade autônoma, sensitiva e motora. São indicadas para cirurgias de abdômen e extremidades inferiores, inclusive para cirurgias obstétricas ( parto vaginal e cesariana ). Como a medicação é depositada dentro do Líquor, é necessária apenas uma pequena quantidade de anestésico local para produzir anestesia altamente eficiente. Trata-se de uma importante vantagem da raquianestesia sobre a peridural, pois trabalha-se com um risco de intoxicação por anestésicos locais muito próximo de zero. A desvantagem mais conhecida da raquianestesia é a cefaléia pós-punção (nome técnico para a dor de cabeça que pode aparecer quando perfuramos a dura-máter). A explicação mais aceita para esta condição é relacionada com o "furinho" que fica por alguns dias na dura máter e provocaria perda de líquor do espaço subaracnoídeo, causando a dor de cabeça. Com a introdução de agulhas mais finas, descartáveis e menos traumáticas, esta técnica novamente ganhou grande impulso. Porquê a incidência de cefaléia diminuiu tanto com este novo material ??? A resposta é simples: agulhas melhores fazem "furinhos" menores nas meninges, ocasionando menor escape de líquor e menor probablidade de cefaléia. A simplicidade de realização, o excelente controle do nível de anestesia que proporciona, a excelente qualidade do bloqueio sensitivo e motor, o baixo custo e a segurança do procedimento explicam por que esta é uma das técnicas anestésicas prediletas do anestesiologista brasileiro.